Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Morador de BH que adotar jardim que ajuda na prevenção de enchentes terá desconto de 10% no IPTU; entenda

O Programa Adote um Jardim de Chuva tem o objetivo de estimular a adesão a ações de melhoria ambiental relacionadas à manutenção e ao monitoramento dos jardins de chuva

Moradores de Belo Horizonte que adotarem jardim de chuva nas calçadas das casas terão 10% de desconto no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). A medida foi publicada no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (16).

Jardins de chuva são espaços instalados nas ruas com o propósito de absorver parte da água das chuvas, reduzindo o volume escoado por elas. Desta forma, auxiliam no controle das inundações, reduzindo os alagamentos que causam tantos danos à cidade. De acordo com a prefeitura, quando implantados em um grande número num determinado bairro, os jardins de chuva podem reduzir significativamente o volume de água.

“Cada imóvel poderá adotar um jardim de chuva, fazendo jus à concessão de desconto de até 10% do valor anual do IPTU, limitado a R$2 mil”, informou o documento.

Leia também

Fica de responsabilidade do morador ações de manutenção, limpeza, poda, entre outros. Veja o que diz o decreto

  • limpeza, por meio de varrição regular da via e retirada de objetos que possam obstruir parcial ou integralmente as entradas e saídas de água;
  • rega, na regularidade estabelecida no manual técnico
  • poda, com a manutenção do crescimento das plantas dentro do perímetro do jardim e na altura máxima de 1,2m
  • controle de pragas, inclusive de ervas daninhas, de acordo com o projeto de plantio;
  • reposição de mudas, em caso de doença ou debilidade das espécimes plantadas;
  • adubação e recomposição do substrato.

Quem tiver interessado receberá um manual técnico, contendo a descrição e a periodicidade dos cuidados.

O cumprimento será atestado por meio de vistorias realizadas pela Coordenadoria de Atendimento Regional (Care) responsável pelo logradouro em que o jardim de chuva estiver implantado.

“Se na vistoria for constatado descumprimento das obrigações estabelecidas no termo de adesão, a Care comunicará à SMPU, que notificará o responsável pelo imóvel adotante para sanar as pendências em até 30 (trinta) dias, sob pena de cancelamento do termo de adesão”, informou.


Participe dos canais da Itatiaia:

Formou em jornalismo pela PUC Minas e trabalhou como repórter do caderno de gerais do jornal Estado de Minas. Na Itatiaia, cobre principalmente Cidades, Brasil e Mundo.
Leia mais