Ouvindo...

Times

Anos da juventude

Os jovens são o agora de Deus

Saúde e paz, amados e amadas de Deus!

Muito se fala que os jovens “são o futuro”, ou que as mudanças almejadas dependem da juventude. Pois a Igreja afirma: “Os jovens são o agora de Deus”.

A afirmação é do Papa Francisco e inspira a Arquidiocese de Belo Horizonte, neste 2024, a viver o Ano das Juventudes. A palavra “juventudes”, no plural, remete à pluralidade de jovens e suas realidades, todos chamados a serem protagonistas – na Igreja e na sociedade.

Leia também

Tristes estatísticas revelam crescente autoextermínio entre os jovens, vidas também perdidas pelo uso de drogas, pela violência. A juventude precisa reagir, encontrando sentido para viver.

Este sentido não está no consumo ou nas redes sociais, nos falsos amigos ou nas experiências passageiras. Cada um encontra o sentido de viver quando, à luz da fé, reveste a própria existência de nobres propósitos, dedicados ao bem do semelhante e da sociedade.

Os jovens são chamados a protagonizar o Ano das Juventudes na Arquidiocese de Belo Horizonte, sendo cada vez mais protagonistas nas suas famílias, comunidades de fé, na sociedade. Um caminho bonito para fazer, da própria vida, lugar de bênçãos e graças.

Fraterno abraço, com muito apreço.


Participe dos canais da Itatiaia:

O Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e publica semanalmente aos sábados no Portal Itatiaia.
Leia mais