Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Carnaval 2024: Furto de celular e importunação sexual foram os crimes mais comuns em BH

Por outro lado, dados preliminares indicam quedas de, aproximadamente, 40% nos furtos e de 60% na importunação sexual no Carnaval de BH

Em entrevista exclusiva à Itatiaia, o Capitão da Polícia Militar, Jefferson Costa, afirmou que o furto de celulares e a importunação sexual foram os crimes mais comuns durante o Carnaval de Belo Horizonte, em 2024.

“A explicação é que em um momento de Carnaval, de descontração, as pessoas podem avançar os limites e cometer delitos pelo consumo de álcool”, justificou o Capitão Jefferson Costa, no Jornal da Itatiaia desta quarta-feira (14).

As duas categorias são frequentemente os tipos de crime mais comuns nos carnavais, de acordo com o PM.

Por outro lado, dados preliminares da Polícia Militar indicam quedas de, aproximadamente, 40% de furtos e redução de 60% de importunação sexual neste ano em Belo Horizonte.

Leia também

O capitão da PM atribuiu o resultado alcançado durante a folia ao trabalho da PM e a conscientização da população.

“A gente tem a certeza que alcançamos a consciência preventiva (da população) e também um bom planejamento policial, fazendo frente a esses principais crimes”, disse Jefferson Costa, assessor de comunicação da PMMG.

Segundo ele, as campanhas educativas e dicas de segurança, disseminadas através da imprensa e outros meios de comunicação, foram eficazes em sensibilizar os foliões sobre a importância de medidas de prevenção durante o Carnaval.

“Aquele folião que estava desguarnecido em carnavais anteriores, chegou lá esse ano com um pouco mais de informações e com o próprio cuidado do corpo, dos seus pertences e dos arredores do local de concentração de blocos”, destacou.

Sucesso

A PM classifica como “excelente” a complexa operação, que envolveu mais de 36 mil agentes, durante o Carnaval de 2024 em Minas.

A corporação direcinou a maior parte do efetivo em BH devido ao grande número de foliões, com vigilância em 100% dos blocos da cidade. A tropa foi reforçada por mais de 500 policiais.

“Na percepção da Polícia Militar, realmente tivemos um excelente Carnaval em Belo Horizonte e em todo estado (de Minas Gerais). Foi um carnaval muito bem planejado, tranquilo e seguro para os foliões. Esse foi o nosso objetivo desde o início” disse o Capitão da PM à Itatiaia.

Ele acredita que a concentração da folia em Belo Horizonte também foi responsável pela diminuição evidente da criminalidade do interior de Minas durante o Carnaval 2024.

“Não conseguimos cravar que a redução da criminalidade no interior está 100% relacionada a BH, mas acreditamos que sim porque a capital mineira atraiu um grande número de foliões”, disse o Capitão da Polícia Militar, em entrevista ao Jornal da Itatiaia.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Formado em Jornalismo pela UFMG, com passagens pelo jornal Estado de Minas/Portal Uai. Hoje, é repórter multimídia da Itatiaia.
Leia mais