Ouvindo...

Times

Número de pessoas fora de casa no RS é maior do que a população de 99% das cidades brasileiras

Mais de 615 mil pessoas saíram de casa devido às chuvas no estado gaúcho; apenas 36 cidades, entre os 5.571 municípios do país, têm uma população maior que 615 mil habitantes

No Rio Grande do Sul, 615.429 pessoas precisaram sair de casa por causa das enchentes que assolam o estado. Segundo o último boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual, na tarde desta terça-feira (14), 538.545 gaúchos estão desalojados (ou seja, tiveram que ir para a casa de amigos ou parentes), e outros 76.884 estão em abrigos públicos.

Se essas 615 mil pessoas fossem moradores de uma mesma cidade, esse município fictício seria o 37° maior do Brasil. Entre as 5.571 cidades do país, apenas 36 têm uma população acima de 615 mil pessoas. Portanto, o número de pessoas que saíram das suas casas no Rio Grande do Sul já é maior que a população de 5.535 municípios brasileiros, ou 99,3% das cidades do país.

Esse número é maior que a quantidade de habitantes de cidades como, por exemplo, Juiz de Fora - MG (540.756), Florianópolis - SC (537.211), Niterói - RJ (481.749), e Santos - SP (418.608). Ainda supondo que os 615 mil afetados pelas chuvas no estado gaúcho fossem uma única cidade, ela seria mais populosa do que oito capitais brasileiras.

Leia também

Segundo a Defesa Civil do estado, 446 municípios do Rio grande do Sul foram afetados pelas enchentes, o equivalente a 90% do estado. Além dos desalojados e desabrigados, mais pessoas também foram afetadas pelas chuvas de outras formas. No total, são mais de 2,1 milhões de pessoas atingidas. Ainda de acordo com os dados mais atualizados, as chuvas já deixaram 148 mortos, 124 desaparecidos e 806 feridos.

Veja a população das capitais brasileiras:

  1. São Paulo (SP) - 11.451.999
  2. Rio de Janeiro (RJ) - 6.211.223
  3. Brasília (DF) - 2.817.381
  4. Fortaleza (CE) - 2.428.708
  5. Salvador (BA) - 2.417.678
  6. Belo Horizonte (MG) - 2.315.560
  7. Manaus (AM) - 2.063.689
  8. Curitiba (PR) - 1.773.718
  9. Recife (PE) - 1.488.920
  10. Goiânia (GO) - 1.437.366
  11. Porto Alegre (RS) - 1.332.845
  12. Belém (PA) - 1.303.403
  13. São Luís (MA) - 1.037.775
  14. Maceió (AL) - 957.916
  15. Campo Grande (MS) - 898.100
  16. Teresina (PI) - 866.300
  17. João Pessoa (PB) - 833.932
  18. Natal (RN) - 751.300
  19. Cuiabá (MT) - 650.877
  20. Número de pessoas fora de casa no RS - 615.429
  21. Aracaju (SE) - 602.757
  22. Florianópolis (SC) - 537.211
  23. Porto Velho (RO) - 460.434
  24. Macapá (AP) - 442.933
  25. Boa Vista (RR) - 413.486
  26. Rio Branco (AC) - 364.756
  27. Vitória (ES) - 322.869
  28. Palmas (TO) - 302.692

Como ajudar?

Segundo as autoridades, desabrigados e desalojados que foram acolhidos pela Defesa Civil precisam não só de alimentos, como também de colchões, roupas de cama e banho e também cobertores. Quem mora na região de Porto Alegre pode contribuir presencialmente no Centro Logístico da Defesa Civil Estadual (avenida Joaquim Porto Villanova, 101, bairro Jardim Carvalho, Porto Alegre).

Além de receber doações de vários itens, as autoridades permitem a doação de qualquer tipo de valor em dinheiro. Para permitir a colaboração de pessoas de outras cidades e estados, o Governo do Estado criou uma chave Pix para receber doações. Quem quiser contribuir, pode fazer um Pix para o CNPJ 92958800000138


Participe dos canais da Itatiaia:

Fernanda Rodrigues é repórter da Itatiaia. Graduada em Jornalismo e Relações Internacionais, cobre principalmente Brasil e Mundo.
Leia mais