Ouvindo...

Times

Chuva no RS: Governador reforça que doações sejam feitas à conta oficial para ‘levar recursos a quem precisa’

Subiu para 37 o número de pessoas mortas pelo temporal; Eduardo Leite participou de entrevista ao Itatiaia Agora

Após o governo divulgar a conta SOS Rio Grande do Sul, que recebe doações em PIX para ajudar as vítimas das enchentes que atingem o estado nesta semana, o governador Eduardo Leite chamou a atenção para a importância de que arrecadações sejam na conta oficial, e não em outras. Isso, para garantir que o recurso seja mesmo aplicado onde mais se precisa.

“Não é dinheiro para o governo. O estado, o governo, tem recursos para fazer obras de reconstrução. Esse recurso que é doado para essa chave PIX oficial é gerenciado por uma entidade privada, com acompanhamento público e de entidades sociais, e vai ser usado para apoiar pessoas que perderam tudo, pequenos comércios que perderam tudo. Um dinheiro que vai ser entregue rapidamente a essas pessoas, para que se restabeleçam e consigam tocar suas vidas rapidamente”, disse ao Itatiaia Agora, no início da tarde desta sexta-feira (3).

Clique aqui e veja a entrevista completa

Subiu para 37 o número de pessoas mortas pelo temporal, de acordo com o último boletim da Defesa Civil — divulgado às 13h18 desta quinta-feira (3). As regiões mais afetadas pelas chuvas no RS são: Central, Vale do Rio Pardo, Metropolitana, Serra Gaúcha e Vale do Taquari. Segundo o órgão, 351.639 foram afetadas em 235 municípios e 23.598 pessoas estão desalojadas. Destas, 7.949 estão em abrigos.

O governador fala sobre os perigos de doações extraoficiais. “Pessoas aproveitadoras divulgam pedidos de doações aqui e ali, mas nem sempre eles levam os recursos às pessoas que precisam. Temos caminhos oficiais para as pessoas poderem ajudar”, acrescentou.

Ele voltou a dizer que existe necessidade de alguns itens específicos, como colchões, roupa de cama e banho (higienizados) e cobertores (higienizados). “Vamos precisa de material de limpeza, lençóis, colchões, cobertores, tudo nos próximos dias, para o trabalho de acolhimento humanitário. Para quem quiser doar, temos os canais oficiais, via Defesa Civil”, disse.

Temporal no RS

Mais de 500 mil pessoas estão sem água e há mais de 292 pontos sem luz. O governo do Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade pública nessa quarta-feira (1º), e o governador Eduardo Leite, afirmou que esse será “o maior desastre da história do Rio Grande do Sul”.

A Marinha do Brasil enviou equipes, embarcações, aeronaves e viaturas para ajudar no resgate. A Força Aérea Brasileira enviou dois helicópteros para resgatar vítimas em cidades isoladas por causa das interdições nas rodovias, como Candelária, por exemplo.

Dados para doação

Pix para a conta SOS Rio Grande do Sul
CNPJ: 92.958.800/0001-38
Banco do Estado do Rio Grande do Sul

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Formou em jornalismo pela PUC Minas e trabalhou como repórter do caderno de gerais do jornal Estado de Minas. Na Itatiaia, cobre principalmente Cidades, Brasil e Mundo.
Coordenadora de jornalismo digital na Itatiaia. Jornalista formada pela UFMG, com mestrado profissional em comunicação digital e estratégias de comunicação na Sorbonne, em Paris. Anteriormente foi Chefe de Reportagem na Globo em Minas e produtora dos jornais exibidos em rede nacional.
Leia mais