Ouvindo...

Times

Na capital angolana Lula destaca acordos para agricultura, saúde e educação e celebra cooperação

Presidente voltou a fazer críticas sobre ‘indiferença’ da gestão passada e disse que apoio à Angola tem o intuito de diversificar a economia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta sexcta-feira (25) ao menos sete acordos com Angola que preveem cooperação em áreas como saúde, ciência, tecnologia, turismo, indústria e educação. Os compromissos foram assinados em Luanda, capital angolana, e segundo Lula, simbolizam “o retorno do Brasil à África.

Em seu discurso, Lula falou sobre os impactos da guerra na Ucrânia para a segurança alimentar na África e anunciou um plano para uma ação conjunta entre Estados para o desenvolvimento da Agricultura em uma região que sofre com a seca, o Vale do Cunene - no sul da Angola. De acordo com o governo, as ações vão desde pesquisa agropecuária até a implementação de políticas de crédito para pequenos produtores.

O início das operações de uma fábrica de medicamentos em 2025 prevê a geração de 280 empregos na região. Já para o turismo, há previsão de lançamentos de vários empreendimentos que utilizam práticas sustentáveis. Em discurso, Lula também destacou a possibilidade de parcerias para a proteção de florestas tropicais e projeto para o desenvolvimento sustentável. Na área da educação, Lula disse que as ações previstas esperam promover a inclusão e o acesso a escola para os estudantes angolanos.

Lula antecipou o convite ao presidente angolano João Lourenço para a próxima reunião de cúpula do G-20 prevista para acontecer no Brasil em setembro do ano que vem.

O presidente Lula chegou a Luanda na manhã desta sexta-feira (25) após a reunião de cúpula de líderes do Brics na África do Sul. A viagem de Lula ao continente africano ainda prevê uma visita a São Tomé e Príncipe. Lula fica em Angola até este sábado (26).

Repórter da Itatiaia em Brasília
Leia mais