Ouvindo...

Times

Comissão do Senado aprova indicação de ex-ministro de Dilma para embaixada do Brasil no Reino Unido

Antonio Patriota foi chefe do Itamaraty de 2011 a 2013 e atualmente é embaixador do Brasil no Egito

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado aprovou, na quinta-feira (18), a indicação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para importantes embaixadas e representações internacionais brasileiras.

Entre os nomes aprovados está o do ex-ministro das Relações Exteriores Antonio Patriota. Ele foi chefe do Itamaraty de 2011 a 2013, durante o governo de Dilma Rousseff (PT). Atualmente, é embaixador do Brasil no Egito.

O ex-chanceler foi indicado pelo presidente Lula para o cargo de embaixador do Brasil no Reino Unido.

Também foi aprovada a indicação de Guilherme Patriota (irmão de Antonio Patriota) para o cargo de Delegado Permanente do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio e a outras Organizações Econômicas, em Genebra.

Os senadores da comissão também deram o aval para as indicações de:

  • Frederico Salomão Duque Estrada Meyer para o cargo de embaixador do Brasil em Israel;

  • Paulo Roberto Caminha de Castilhos França para o cargo de embaixador do Brasil na Grécia;

  • Clemente de Lima Baena Soares para o cargo de embaixador do Brasil no Peru;

  • Benoni Belli para o cargo de representante permanente do Brasil junto à Organização dos Estados Americanos (OEA).

As indicações foram analisadas pela CRE e ainda precisam passar pelo plenário do Senado Federal, o que ainda não tem data marcada.

Antonio Patriota já foi embaixador do Brasil nos Estados Unidos de 2007 a 2009, além de ter sido ministro das Relações Exteriores de Dilma. Depois de sair do cargo de ministro, foi representante do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU) e embaixador do Brasil na Itália e no Egito.

Acompanhe as últimas notícias produzidas pela CNN Brasil, publicadas na Itatiaia.
Leia mais