Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Reações da torcida do Flamengo pressionam diretoria em ‘caso Gabigol’

Rubro-Negro foi campeão estadual neste domingo (7), no Maracanã, diante de mais de 65 mil torcedores

Com contrato até dezembro de 2024 e suspenso até abril de 2025, Gabigol tem o futuro incerto. Neste domingo (7), na comemoração do título do Campeonato Carioca, as reações dos mais de 65 mil rubro-negros deixaram claro que a Nação está ao lado do camisa 10 na “queda de braço” com a direção. Enquanto Gabi foi ovacionado quando apareceu no telão, Rodolfo Landim foi hostilizado ao receber a taça.

Enquanto o recurso da defesa de Gabigol não é apreciado na CAS (Corte Arbitral do Esporte), o atleta está proibido de atuar, treinar no Ninho do Urubu e ir ao Maracanã. Por isso, o camisa 10 não esteve na decisão deste domingo (7). Ao término do jogo com o Nova Iguaçu, contudo, recebeu a medalha de campeão carioca e, em mensagem no telão, agradeceu. Foi o suficiente para o estádio gritar em uníssono: “Fica, Gabigol! Fica, Gabigol!”.

“Essa medalha que foi entregue para o Gabigol foi ideia minha. É um grande jogador e ídolo. Está passando por um momento difícil e nada mais justo do que essa homenagem, procuramos saber em que local ele estava e mandamos ir alguém lá adiantar um medalha e conseguimos fazer a tempo, mesmo que de forma virtual, ele participou”, afirmou Rodolfo Landim, no gramado do Maracanã, após a vitória por 1 a 0.

Presidente do Flamengo, Landim já posicionou-se várias vezes sobre a renovação de Gabigol com o clube. Na mais recente, o mandatário “deixou” a responsabilidade para o atacante, afirmando que a diretoria irá repetir a estratégia realizada com outros atletas, como Everton Ribeiro e Filipe Luís, e não fará oferta até dezembro.

Leia também

A direção do clube teve tratativas com o jogador e seus representantes do segundo semestre de 2022 até outubro de 2023. É nesta data que Júnior Pedroso afirmou, em entrevista ao “ge”, que houve um acerto pela renovação do contrato de Gabi - o que é negado pelo Flamengo. As partes, desde então, divergem sobre o tema.

Com a suspensão do atleta, em decisão do Tribunal de Justiça Antidopagem no dia 25 de março, as conversas pela renovação do vínculo de Gabriel Barbosa ficaram em segundo plano. Confira, na íntegra, o que Rodolfo Landim falou sobre a situação do camisa 10, neste domingo, clicando aqui.

“Impossível definir qualquer coisa em relação à renovação. Não sabemos como será a punição. Se for suspenso vai ter que ter novo julgamento, que pode acontecer tudo. Estamos convicto que o direito dele é bom e estamos confiantes na punição ser revertida”, completou o presidente.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais