Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Polícia Civil de São Paulo investiga morte de namorada de jogador do Corinthians

Jovem, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, morreu após ter uma hemorragia intensa na região genital e quatro paradas cardiorrespiratórias

A Polícia Civil de São Paulo investiga a causa da morte de uma jovem de 19 anos, ocorrida na noite dessa terça-feira (31), em Tatuapé, na região Sudeste da capital paulista. Ela estava acompanhada do meia Dimas, de 18 anos, jogador da equipe sub-20 do Corinthians.

A garota, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, era filha de um dos seguranças do presidente do Corinthians, Augusto Melo. A morte ocorreu após uma hemorragia intensa na região genital e de quatro paradas cardiorrespiratórias.

O encontro da noite dessa terça-feira (30) foi o primeiro entre Dimas e a jovem, identificada como Livia Gabriele da Silva Matos.

Em entrevista à Itatiaia, o 1° tenente Sarri, do 8° Batalhão da Polícia Militar de São Paulo, detalhou a ocorrência.

“As equipes da 5ª Companhia do 8º Batalhão de Polícia Militar foram acionadas no período noturno para verificar a entrada de uma menina de 19 anos no Pronto Socorre Tatuapé. Ela estava com hemorragia intensa na parte genital, e isso ocasionou em algumas paradas cardiorrespiratórias”, disse Sarri à reportagem.

“Foram quatro paradas, uma seguida da outra. Na quarta, ela evoluiu a óbito. A circunstância está para ser esclarecida. Momentos antes, ela estava com o namorado ou ficante dela, no apartamento dele”, acrescentou o 1° tenente Sarri.

Atleta que acompanhava a garota, Dimas compareceu ao 30º DP, da Polícia Civil, em Tatuapé, para prestar esclarecimentos. “Ele foi trazido para o 30° Distrito Policial para maiores esclarecimentos. O que temos é isso. O local está preservado para perícia”, completou 1° tenente Sarri à Itatiaia.

A defesa do meio-campista Dimas ficou de se manifestar somente após a divulgação do laudo do Instituto Médico Legal de São Paulo. A Polícia Civil investiga se houve agressão, violência sexual ou se a morte foi acidental.

Outro jovem das categorias de base do Corinthians, que é menor de idade, também compareceu à delegacia como testemunha. Ele teria ido ao Pronto Socorro de Tatuapé levar um carregador de celular para Dimas após a ocorrência.

A Itatiaia apurou que a Polícia Civil não encontrou vestígios de drogas e bebidas alcoólicas no apartamento do atleta. Havia apenas um cigarro eletrônico.

Quem é Dimas?

O meia Dimas, de 18 anos, integra a equipe Sub-20 do Corinthians desde abril de 2023. No ano passado, ele fez 12 jogos pelo clube. O vínculo do jogador com o Timão vai até 31 de janeiro de 2025.

Caso queira comprar 50% dos direitos de Dimas após o empréstimo, o Corinthians terá de desembolsar R$ 1,5 milhão.

Dimas é natural de João Pessoa-PB e está emprestado ao Corinthians pelo Coimbra, clube mineiro de Contagem, onde atuava na categoria sub-17.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Túlio Kaizer é jornalista esportivo com grande experiência no digital. Foi setorista dos três grandes clubes do futebol mineiro: América, Atlético e Cruzeiro. Cobre também basquete, vôlei, esportes americanos, esportes olímpicos e e-sports.
Leia mais