Ouvindo...

Times

Campeonato Baiano: Vitória nunca perdeu final após vencer primeiro jogo

Leão quer manter escrita contra o Bahia em 2024 e levantar a taça estadual pela primeira vez depois de sete anos

Ver resumo
  • O Vitória nunca perdeu o título do Campeonato Baiano após sair na frente na final
  • O levantamento da Itatiaia contabiliza apenas decisões que tiveram dois jogos ou mais
  • Em 2024, o Leão abriu vantagem ao bater o Bahia no primeiro confronto

A vantagem construída pelo Vitória no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano de 2024 tem importância histórica. De acordo com levantamento feito pela Itatiaia, o Leão da Barra nunca perdeu o título estadual depois de vencer o primeiro jogo de uma decisão.

Dos 29 títulos conquistados pelo Rubro-Negro na história do Baianão, oito deles aconteceram quando o time saiu na frente nas finais que previam pelo menos duas partidas. O detalhe é que todas essas conquistas vieram diante do Bahia, adversário deste ano.

A primeira vez que o Vitória venceu seu maior rival numa final foi em 1957. Naquele ano, o Leão venceu os dois jogos, por 4 a 0 e 2 a 0, respectivamente.

Em 2024, a vantagem rubro-negra é bem menor. No primeiro clássico, disputado no Barradão, em Salvador (BA), o time treinado por Léo Condé venceu por 3 a 2.

Sendo assim, o Bahia precisa ganhar por pelo menos um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, e por dois para ficar com a taça após o tempo regulamentar.

Finais em que o Vitória saiu na frente

  • 1957 - Bahia 0 x 4 Vitória / Bahia 0 x 2 Vitória (Vitória campeão)
  • 1964 - Vitória 2 x 1 Bahia / Bahia 2 x 1 Vitória / Vitória 2 x 1 Bahia (Vitória campeão)
  • 1972 - Vitória 2 x 1 Bahia / Vitória 3 x 1 Bahia (Vitória campeão)
  • 1997 - Bahia 0 x 3 Vitória / Vitória 0 x 1 Bahia (Vitória campeão)
  • 2009 - Bahia 1 x 2 Vitória / Vitória 2 x 2 Bahia (Vitória campeão)
  • 2010 - Bahia 0 x 1 Vitória / Vitória 2 x 1 Bahia (Vitória campeão)
  • 2013 - Bahia 3 x 7 Vitória / Vitória 1 x 1 Bahia (Vitória campeão)
  • 2016 - Vitória 2 x 0 Bahia / Bahia 1 x 0 Vitória (Vitória campeão)

Finais entre Bahia e Vitória

Essa é a 30ª vez na história que os rivais se encontram nas finais do Campeonato Baiano. A edição de 2024 determinará um desempate. Afinal, em 29 Ba-Vis realizados em decisões, cada um dos clubes venceu 15 vezes.

A conta pode parecer estranha, mas é real porque, em 1999, Bahia e Vitória dividiram o título. Naquele ano, o Bahia venceu o primeiro jogo, realizado na Fonte Nova, por 2 a 0. A volta seria no Barradão. No entanto, após uma ação popular movida por dirigentes tricolores, que alegavam que o estádio rubro-negro não tinha condições de receber o evento, a partida foi transferida para a Fonte Nova.

No dia da decisão, 13 de junho de 1999, a delegação do Esquadrão se dirigiu para a Fonte, enquanto os rubro-negros foram para o Barradão. O Tricolor venceu por WxO e foi declarado campeão. Entretanto, em 2002, a FBF voltou atrás e disse que o título seria dividido. A consagração dessa medida só ocorreu em 2005.

Veja o retrospecto completo

  • 1947 - Bahia campeão
  • 1950 - Bahia campeão
  • 1955 - Vitória campeão
  • 1957 - Vitória campeão
  • 1958 - Bahia campeão
  • 1959 - Bahia campeão
  • 1964 - Vitória campeão
  • 1972 - Vitória campeão
  • 1974 - Bahia campeão
  • 1975 - Bahia campeão
  • 1976 - Bahia campeão
  • 1979 - Bahia campeão
  • 1981 - Bahia campeão
  • 1992 - Vitória campeão
  • 1993 - Bahia campeão
  • 1997 - Vitória campeão
  • 1998 - Bahia campeão
  • 1999 - Bahia e Vitória dividem o título
  • 2000 - Vitória campeão
  • 2004 - Vitória campeão
  • 2005 - Vitória campeão
  • 2009 - Vitória campeão
  • 2010 - Vitória campeão
  • 2012 - Bahia campeão
  • 2013 - Vitória campeão
  • 2014 - Bahia campeão
  • 2016 - Vitória campeão
  • 2017 - Vitória campeão
  • 2018 - Bahia campeão
Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais