Ouvindo...

Times

São Paulo marca no fim e larga na frente contra Palmeiras pela Copa do Brasil

O São Paulo recebeu o Palmeiras e, em jogo disputado, contou com golaço de Rafinha para fazer 1 a 0 e largar na frente pelas quartas de final da Copa do Brasil.

O São Paulo recebeu o Palmeiras nesta quarta-feira (5), e, em jogo brigado, contou com golaço de Rafinha para fazer 1 a 0 e largar na frente pelas quartas de final da Copa do Brasil. A partida foi disputada no Morumbi.

Agora, o Tricolor depende de um empate para avançar às semifinais. O jogo da volta está marcado para as 20h de quinta-feira (13), no Allianz Parque, em São Paulo.

A partida começou muito brigada, disputada, com faíscas em cada dividida. Não à toa, o primeiro tempo terminou com o mesmo número de cartões amarelos e finalizações no gol: dois. Calleri, no entanto, perdeu chance de ouro de abrir o placar.

Já no segundo tempo, o São Paulo foi obrigado a fazer três mudanças por lesão. Calleri, que atuou no “sacrifício” na primeira etapa, teve que sair já que só podia atuar 45 minutos. Luciano e Alan Franco precisaram ser substituídos. O jogo de pouca inspiração coube ao chute de longe para decidir: Rafinha arriscou do meio da rua, viu a bola desviar em Luan e fez 1 a 0 para o Tricolor.

O resultado de 1 a 0 deixa o confronto em aberto. Não existe mais na Copa do Brasil a regra do “gol fora de casa”, ou seja, qualquer vitória do Palmeiras por um gol leva aos pênaltis e o Verdão precisa de mais de um gol para avançar diretamente.

Jogo brigado

São Paulo e Palmeiras protagonizaram nos 30 primeiros minutos um clássico brigado, disputado, com cada dividida que causava faíscas no Morumbi. Não à toa, sobrou competividade, mas faltou criatividade neste começo.

A primeira chance clara de gol veio aos 33, quando Calleri foi lançado em profundidade por Arboleda, cavou o goleiro, e na hora de ganhar uma nota dez, finalizou para fora.

Richard Ríos, aos 40 minutos, tentou devolver o Palmeiras ao jogo. Após escanteio conquistado em finalização travada de Endrick, o colombiano arriscou bate de longe e a bola tirou tinta da trave.

Quase que instantaneamente, o Tricolor devolveu. Jogada trabalhada pelo meio, Wellington Rato driblou dois e finalizou com muita força para Weverton desviar para escanteio.

Ainda deu tempo para Endrick marcar um golaço, em jogada já parada por impedimento. O camisa 9 não se ligou para o apito do juiz e finalizou com muita força no ângulo, de fora da área.

Bruxa à solta

“Saudável” apenas para 45 minutos, Calleri deixou o campo ainda na primeira etapa. Luciano também deixou o campo, lesionado. Mesmo assim, foi do Tricolor aos três minutos a primeira chance em escapada de Caio Paulista, que entrou na área e finalizou muito forte, “na lua”.

Alisson, que entrou na segunda etapa, também tentou de longe. Aos 16 minutos, o meia trouxe da direita para esquerda e arriscou bate muito forte, que tirou tinta da trave.

Se já não estivesse com o departamento médico cheio, o São Paulo teve que trabalhar com mais uma mudança por lesão. Alan Franco sentiu dores na perna e precisou ser substituído por Diego Costa.

Santo Luan x Herói Rafinha

Se a criatividade dos times não era o forte, o São Paulo teve a chance mais clara do jogo aos 34 minutos do primeiro tempo. Caio Paulista desceu pela esquerda, encontrou David, que driblou Weverton e teve o gol aberto para finalizar. O zagueiro Luan salvou com o pé em cima da linha.

O São Paulo tentava contra um Palmeiras que se limitava a defender, e ameaçar em estocadas de contra-ataque. De tanto tentar, acertou! Aos 37, Rafinha recebeu bola de fora da área e resolveu arriscar. A bola desvia no zagueiro Luan e cai no ângulo de Weverton. 1 a 0.

Próximos compromissos

O São Paulo segue no estado, mas viaja ao interior paulista, pela 14ª rodada do Brasileirão. O time encara o RB Bragantino neste domingo (9). A bola rola às 16h (de Brasília).

Já o Palmeiras também não viaja e permanece em São Paulo para importante compromisso do Brasileiro. O Verdão recebe o Flamengo, no Allianz Parque, neste sábado (8), às 21h (de Brasília).

São Paulo 1 x 0 Palmeiras

São Paulo

Rafael; Rafinha, Arboleda, Alan Franco (Diego Costa, 22min 2ºT), Caio Paulista; Pablo Maia, Gabi Neves (Alisson, 1min 2ºT), Rodrigo Nestor (David, 32min 2ºT), W. Rato; Luciano (Rodriguinho, 1min 2ºT) e Calleri (Juan, 1min 2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

Palmeiras

Weverton; Mayke, G. Gómez, Luan, Murilo, Piquerez; Gabriel Menino (Jhon Jhon, 30min 2ºT), Richard Ríos, Raphael Veiga (Luis Guilherme, 42min 2ºT); Dudu (Breno Lopes, 30min 2ºT), Endrick (Flaco López, 30min 2ºT). Técnico: João Martins (Abel Ferreira)

Gol: Rafinha (37min 2ºT) , do São Paulo

Cartões amarelos: Gabriel Neves (44min 1ºT); Pablo Maia (44min 1ºT); David (47min 2ºT); Wellington Rato, (49min 2ºT), do São Paulo; Mayke (41min 2ºT); Gustavo Gómez (47min 2ºT), do Palmeiras

Público: 54.593 torcedores
Renda: R$ 4.169.660, 00

Motivo: Jogo de ida das Quartas de Final da Copa do Brasil
Data e horário: 5 de julho de 2023, quarta-feira, às 19h30 (de Brasília)
Local: Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Bráulio da Silva Machado-SC
Assistentes: Neuza Ines Back-SP e Danilo Manis-SP
VAR: Daiane Muniz-SP

Jornalista fascinado por futebol de base e análise de desempenho. Faz a cobertura de São Paulo e Palmeiras na Itatiaia após passagens por ESPN, Globoesporte.com e Band.
Leia mais