Ouvindo...

Times

Celebridades lamentam morte de filho de Zé Vaqueiro

Arthur morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos na segunda (8)

Após a morte do filho de apenas 11 meses, Zé Vaqueiro recebeu mensagens de colegas de profissão nas redes sociais nessa terça-feira (9). O pequeno Arthur morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos na segunda (8).

O cantor e a esposa, Ingra Soares, divulgaram nota sobre a morte do bebê na madrugada de terça-feira (9). Pela manhã, Wesley Safadão lamentou o óbito. “Acordei agora com a triste notícia do falecimento do filhinho do meu amigo Zé Vaqueiro, que Deus traga o conforto ao seu coração e de sua esposa, e de toda a família. Recebam meu abraço e meus sentimentos!”, escreveu no X, antigo Twitter.

João Gomes também lamentou a morte da criança. “Meus sentimentos, meu amigo Zé Vaqueiro. Essa sempre será uma estrelinha no céu que vai te esperar com muito amor. Força para você e toda a família”, publicou no Instagram.

Leia também

Arthur era portador da Síndrome de Patau, a trissomia do cromossomo 13, uma doença extremamente rara. O velório dele será restrito à família, em Fortaleza.

O bebê nasceu em 24 de julho de 2023 e estava internado desde então devido à síndrome. Ele chegou a ir para casa com nove meses, mas sofreu uma parada cardíaca e acabou retornando ao hospital um dia após a alta.

Síndrome de Patau

A doença, que é extremamente rara (afeta um bebê a cada quatro mil nascimentos), é uma alteração cromossômica que acontece por um acidente genético.

O desenvolvimento de crianças afetadas pela síndrome, em geral, causa má formação no Sistema Nervoso Central, dedos a mais (polidactilia), defeito no fechamento da parede abdominal (onfalocele), olhos muito pequenos (microftalmia), alterações no nariz, fendas labiais e paladina, além de má formação cardíaca.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais