Ouvindo...

Times

Harry teria ignorado proposta de Charles III para que os dois se encontrassem no Reino Unido

Rei teria feito um pedido para viabilizar encontro com o filho

Novas informações sobre a visita de Harry ao Reino Unido no início do mês de maio vieram a tona durante o podcast ‘A realeza com Roya e Kate’. Conforme a especialista em assuntos reais, Roya Nikkhah, antes de ir ao seu país natal, Charles III pediu ao filho que ele se hospedasse em uma das propriedades reais para viabilizar o encontro dos dois.

A nova informação contradiz a versão de que Harry teria sido esnobado pelo pai durante a viagem que fez no Reino Unido para o torneio ‘Invictus’. “Achei que havia algo errado nessa história, então procurei e procurei um pouco mais e descobri que, na verdade, Harry havia perguntado se poderia ficar e Charles havia dito que sim, venha e fique, filho. Você vem e fica em uma residência real, está perto de onde eu estou, então será muito mais fácil para mim vê-lo, considerando a minha e a sua rotina”, explicou Nikkhah.

Na ocasião, Harry chegou a soltar um comunicado a imprensa explicando que ele e o pai não iriam se encontrar devido às agendas apertadas do rei. “Em resposta às muitas perguntas e à especulação contínua sobre se o duque se encontrará ou não com seu pai enquanto estiver no Reino Unido esta semana, infelizmente não será possível devido à rotina apertada de Sua Majestade. O duque, é claro, entende a agenda de compromissos e várias outras prioridades de seu pai e espera vê-lo em breve”, afirmou um porta-voz de Harry.

Leia também

Conforme a especialista, a declaração teria deixado rei magoado, porque o monarca teria se disponibilizado para encontrar o filho. Contudo, diante de várias informações contradizentes, Nikkhah afirma que a história ainda é nebulosa porque Harry teria feito um pedido para ver o pai 28 dias antes da viagem ao Reino Unido. Já o escritório de Charles III afirma que não recebeu nenhum pedido de encontro entre o príncipe e o rei.

Desde que Harry lançou o livro de memórias ‘Spare’, ele mantém uma relação fria com a família. Na obra, o príncipe criticou membros da realeza britânica e, principalmente, Camilla, a atual rainha e esposa de seu pai. Apesar do cenário complicado, fontes próximas ao monarca afirmaram que Charles III estava ansioso para ver o filho.

Diagnóstico de câncer

Em 17 janeiro, o Palácio de Buckingham destacou que o rei Charles esteve em uma clínica de Londres para um “procedimento corretivo” devido ao aumento benigno da próstata. Ele descobriu o tumor após um check-up enquanto estava em sua residência em Birkhall, em Aberdeenshire, na Escócia.

Charles ficou internado por três dias na unidade de saúde e recebeu alta no dia 29 daquele mês. À época, foi informado que ele “estava bem”, e que Kate Middleton passou por uma cirurgia abdominal bem-sucedida. A princesa foi liberada e, posteriormente, o monarca deixou a unidade.

Durante o tratamento, foi identificada “uma forma de câncer” e, por isso, o rei recebe cuidados desde então.


Participe dos canais da Itatiaia:

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais