Ouvindo...

Times

Mãe de fã da Taylor Swift que morreu após passar mal em show agradece doações

Adriana Benevides, mãe de Ana Clara Benevides, publicou um vídeo agradecendo apoio que a família tem recebido

Adriana Benevides, mãe da jovem Ana Clara Benevides, de 23 anos, que morreu após passar mal no show da Taylor Swift, publicou um vídeo nesta segunda-feira (20) agradecendo as doações feitas para custear o translado do corpo da jovem do Rio de Janeiro para Rio Grande do Sul - onde ela morava com a família. “Agora de manhã a gente conseguiu. Nós conseguimos o valor que dá para fazer tudo que a gente queria”, afirmou na gravação.

“Graças a Deus foi muita gente que doou e eu quero que Deus abençoe todos vocês [...] Hoje eu sei que minha filha foi muito amada, os amigos dela ficaram aqui comigo ontem até as 4h da manhã contando as histórias deles. As histórias com a minha filha”, agradeceu Adriana.

A iniciativa partiu da família e de um grupo de fãs da cantora. Nas redes socais, eles divulgaram uma chave pix para arrecadar o dinheiro. “Ana Clara Benevides Machado, infelizmente, veio a óbito no show da cantora Taylor Swift. Visto que a empresa responsável pelo show não custeou o translado, viemos, por meio deste, pedir sua ajuda”, afirmava a banner da campanha.

Em entrevista ao Fantástico, Adriana contou que ver a cantora ao vivo era um dos maiores sonhos de Ana Clara, que costumava referir a Taylor Swift como “minha loira”. A mãe da jovem disse que na noite de sexta-feira (17) recebeu uma mensagem do médico que atendeu a estudante de psicologia. “Eu recebi uma mensagem do médico que atendeu a minha filha dizendo que não era trote pedindo para que eu o ligasse. Quando eu liguei, ele me informou que tentou reanimá-la durante 20 minutos, mas que ela não resistiu”.

Confira o vídeo

Relembre o caso

Ana Clara Benevides, de 23 anos, morreu na noite dessa sexta-feira (17) após passal mal durante o primeiro show da cantora norte-americana Taylor Swift, no Rio de Janeiro. A vítima era natural do Mato Grosso do Sul e estava cursando Psicologia na Universidade Federal de Rondonópolis.

Segundo amigos, Ana Clara desmaiou no início da apresentação, foi socorrida, mas morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. A organizadora do evento, Time For Fun, teria proibido a entrada de garrafas de água no estádio.

No dia, a sensação térmica no Rio de Janeiro bateu recorde de calor: 59,3°C.

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais