Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Entenda por que o dólar subiu 6% nos últimos dias e voltou a ficar acima dos R$ 5,00

Economista da FGV explica que mercado de trabalho aquecido nos EUA gera expectativa para aumento inflacionário; dólar voltou a ficar acima dos 5 reais após mais de 3 meses

Dólar voltou a ficar acima dos R$ 5 após mais de três meses

Dólar voltou a ficar acima dos R$ 5 após mais de três meses

Valter Campanato/Agência Brasil

Após ficar mais de três meses cotado abaixo de R$ 5,00, o dólar subiu cerca de 6% nos últimos 18 dias e voltou a ficar acima do patamar que ocupou entre 2020 e 2023, com poucos intervalos abaixo disso. A alta das últimas semanas assustou o mercado nacional e, segundo uma especialista ouvida pela Itatiaia, pode ser explicada por fatores internos e externos.

Carla Beni, economista e professora de MBAs da Fundação Getúlio Vargas (FGV), afirma que, de maneira geral, é difícil prever a trajetória do câmbio. As variações recentes estão relacionadas com o mercado de trabalho nos Estados Unidos, que está mais ativo e pode impactar diretamente na economia estadunidense.

“Os postos de trabalho estão muito ativos e isso pode levar a um aumento inflacionário, o que também pode levar o Banco Central dos EUA a manter ou até subir um pouco a taxa de juros. Com essa alta, ocorreria uma migração de valores para os títulos estadunidenses”, ou seja, o dólar sairia do Brasil e de outros países para ser investido nos Estados Unidos.

Apesar da alta recente, Carla Beni explica que a situação não gera grandes preocupações, já que o Brasil tem tido bons resultados no mercado externo, com recordes nas exportações. “É uma especulação momentânea. Oscilações de curto prazo no dólar não tem um efeito imediato na vida das pessoas”, explica.

  • 📲 Já se inscreveu no canal da Itatiaia no Whatsapp? Clique aqui e receba as principais notícias do dia. 🤳🏼

  • ⚠️ Os grupos e comunidades da Itatiaia serão desativados em breve. Por isso, se inscreva no canal pra ficar sempre atualizado.⚠️

Como vai estar o dólar no fim de 2023?

A especialista Carla Beni já disse que é difícil prever a trajetória do câmbio, mas existem algumas ferramentas e estatísticas que podem ajudar o investidor a entender como o dólar vai se comportar nos próximos meses.

“Em grande medida, há uma expectativa do mercado sinalizada no Boletim Focus em torno de R$ 5,00 a R$ 5,10. Mas é algo que pode oscilar bastante até o final do ano”, conclui.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais