Ouça a rádio

Compartilhe

Homem mata amigo por acidente durante caça ilegal de animais em Santa Catarina

Autor dos disparos deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar

Fernando Albuquerque levou um tiro na cabeça e morreu na hora

Um homem, de 35 anos, identificado como Fernando Corrêa, morreu após um amigo, Sidinei Malaquias Albuquerque, de 42, ter atirado acidentalmente na cabeça dele enquanto realizavam uma caça ilegal de animais silvestres na cidade de Lebon Régis, no interior de Santa Catarina, na madrugada do último domingo (17).

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar (PM), depois do ocorrido, Sidinei acionou o Corpo de Bombeiros e informou aos militares onde estava o corpo de Fernando, que morreu ainda no local.

Segundo relatos de Sidinei à PM, eles caçavam em uma mata quando, ao tentar disparar contra um veado-campeiro, o amigo acertou Fernando.

Conforme os militares, Sidinei também ressaltou que estava a cerca de 100 metros da vítima no momento do acidente. Ele disse, ainda, que não conseguiu enxergar direito o animal silvestre por causa da escuridão noturna e em virtude do amigo estar com uma roupa camuflada.

Investigação

De acordo com a Polícia Civil de Santa Catarina, Sidinei informou que entrou em desespero ao ver o amigo baleado e já sem vida no chão. Na sequência, teria jogado a arma usada na caça na mata e procurado ajuda na cidade.

Thiago Passos, delegado responsável pelo caso, afirmou ao UOL que o autor dos disparos acompanhou todos os procedimentos da perícia e se deslocou para delegacia para prestar mais detalhes. Um inquérito já foi aberto e as investigações devem ser concluídas em até 15 dias.

Sidinei Malaquias Albuquerque deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Armas sem registro

Conforme a polícia, as armas usadas pelos homens não tinham registro de posse e estavam com munições. Eles não possuíam autorização para praticar a caça na região.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store