Ouvindo...

Times

‘Chama Frida': você sabia que pode denunciar violência doméstica pelo WhatsApp? Entenda

Vítimas podem entrar em contato pelo número (31) 98483-7062; ferramenta tem o intuito de orientar vítimas de violência doméstica

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) expandiu o projeto “Chame a Frida” — atendente virtual de atenção às vítimas de crimes no ambiente doméstico e familiar — para mais municípios de Minas Gerais. O objetivo é estimular a denúncia e reduzir os altos índices de violência doméstica no estado. O número é: (31) 98483-7062.

Só este ano, de janeiro a abril, quase 45 mil procuraram a polícia em Minas. Sendo assim, em média, 418 mulheres são agredidas por dia no estado. Conforme dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no ano passado, foram contabilizados 183 feminicídios em território mineiro. Os números colocam o estado na segunda posição da lista de ocorrências.

Leia também: Mais de 300 líderes comunitárias se capacitam para orientar outras mulheres sobre seus direitos
Sexual, física, psicológica: relatório revela quais as violências mais comuns em cada fase da vida da mulher

Diante disso, a ferramenta tem o intuito de orientar e socorrer vítimas em situações de violência doméstica e familiar.

Leia também

Na prática, a mulher inicia uma conversa e, de forma automática, são realizados o acolhimento e o esclarecimento das principais dúvidas. A atendente virtual ainda pode fazer uma avaliação preliminar do risco, direcionar ou acionar a polícia, além de apresentar serviços disponíveis.

Por meio do atendimento, também é possível agendar horário para comparecimento a uma unidade policial, programar a realização do exame de corpo de delito, obter informações sobre a Lei Maria da Penha e medidas necessárias em caso de violência, além de orientações acerca de procedimentos legais e de proteção.

Sempre que necessário, a mulher é direcionada para falar diretamente com um policial civil.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais