Ouvindo...

Times

Mulher morta após plásticas em BH deixa 3 filhas, uma delas com autismo

Thaynara Braz Alves, de 28 anos, tinha três filhas, de 13, 7 e 1 ano; ela morreu nesta quarta-feira

Thaynara Braz Alves, de 28 anos, que morreu nesta quarta-feira (29) após realizar uma mamoplastia e uma abdominoplastia em uma clínica particular, em Belo Horizonte, tinha três filhas. Ela deixa uma adolescente de 13 anos, uma menina de 7, que tem autismo e um bebê de apenas um ano e nove meses.

Velório e sepultamento serão nesta quinta-feira (30) em Santa Luzia, na Grande BH.

Thaynara sofreu duas paradas cardiorrespiratórias horas depois dos procedimentos, realizados em uma clínica na Pampulha que está em situação regular.

Jovem morre em clínica na Pampulha, em BH, após procedimento estético
Clínica de estética na Pampulha onde jovem morreu tem alvará e está regular, diz PBH

Nas redes sociais, a filha mais velha lamentou a perda de Thaynara. “Mamãe, se eu soubesse que aquele era nosso último abraço, eu nunca teria te soltado! Esse sentimento é insuperável, você para sempre estará em nossos corações. Não entra jamais na minha cabeça que minha mamãe, uma mulher tão linda e forte, se foi. Isso é um pesadelo”, escreveu.

Leia também

Em nota, a clínica responsável pela cirurgia explicou que os procedimentos pré e pós-operatórios foram conduzidos de acordo com os protocolos médicos e que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) assim que a paciente começou a apresentar complicações. Contudo,Thaynara não respondeu à segunda manobra de reanimação.

O estabelecimento fica no bairro Jardim Atlântico, na região da Pampulha, e conforme a Prefeitura de Belo Horizonte, tem toda a documentação em dia, incluindo alvará sanitário. “A última vistoria realizada pela Vigilância Sanitária no local foi em 15 de maio de 2024 e não foram encontradas irregularidades”, disse a nota da administração municipal.


Participe dos canais da Itatiaia:

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Jornalista formado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH). Na Itatiaia desde 2008, é “cria” da rádio, onde começou como estagiário. É especialista na cobertura de jornalismo policial e também assuntos factuais. Também participou de coberturas especiais em BH, Minas Gerais e outros estados. Além de repórter, é também apresentador do programa Itatiaia Patrulha na ausência do titular e amigo, Renato Rios Neto.
Leia mais