Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Menina de 6 anos baleada na BR-381 era acolhedora e ‘mãezona’, diz professora

Educadora lamentou o fato de que Melissa Maria Alexandre Santos teve o futuro interrompido ‘de forma tão sem sentido'; briga de trânsito teria causado morte da criança

Foto mostra Melissa Maria Ribeiro, uma menina de 6 anos que morreu baleada na Grande BH

Melissa Maria Alexandre Santos tinha 6 anos

Imagens cedidas à Itatiaia

O corpo da menina Melissa Maria Alexandre Santos, que morreu neste domingo (21) após ser baleada na cabeça na BR-381, entre Betim e Contagem, está sendo velado na manhã desta segunda-feira (22). A professora de Melissa lamentou a morte da criança e falou que a menina era acolhedora com a família e colegas de sala.

Em entrevista à Itatiaia, a professora Elaine Abreu conta que Melissa havia concluído a educação infantil e começaria o ensino fundamental em 2024. A educadora conta que a menina agia como ‘mãezona’ de todos e era extrovertida.

‘Ela era a mãezona do Conrado, o irmãozinho de 3 anos. Então ela transferia todo esse carinho e cuidado com o irmão para os colegas também. Ela enchia uma mochila de brinquedo e levava para escola. Na hora de brincar, ela virava a mochila na mesa e era uma festa. Eu estou aqui imaginando como vai ser quando essas crianças souberem que a Mel não existe mais, não está entre nós’.

Ainda sobre a morte de Melissa, a professora Elaine Abreu afirma que as pessoas estão muito brutais e que a violência tirou o futuro de uma criança: ‘Tenho muitos alunos que se tornaram dentistas, se formaram em outras profissões. A Melissa tinha muitos sonhos, ela planejava muitas coisas. Ver isso sendo interrompido de forma tão bruta, tão sem sentido…a gente fica muito triste’.

Leia Também

Caso Melissa

Uma menina de 6 anos foi baleada na cabeça e morreu no fim da tarde deste domingo (21) na BR-381, entre Contagem e Betim, na Grande BH. A vítima estava em um carro que teria se envolvido em uma briga de trânsito na rodovia.

Segundo a Polícia Militar, o pai da criança contou aos militares que houve uma fechada envolvendo o carro dele e outro veículo, um Uno de cor branca. Em seguida, o Uno se aproximou do veículo onde a menina estava e um dos ocupantes disparou em sua direção.

Desesperados ao ver que a filha foi atingida, eles procuraram ajuda e encontraram uma viatura da PM na Avenida Babita Camargos, em Contagem. A criança foi socorrida para o Hospital Municipal de Contagem, mas não resistiu. Segundo parentes, havia duas crianças no carro, um de 3 anos e Melissa de 6, além do pai e a avó das crianças.

Até o momento, ninguém foi preso, e a Polícia Militar procura os autores.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Jornalista formado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH). Na Itatiaia desde 2008, é “cria” da rádio, onde começou como estagiário. É especialista na cobertura de jornalismo policial e também assuntos factuais. Também participou de coberturas especiais em BH, Minas Gerais e outros estados. Além de repórter, é também apresentador do programa Itatiaia Patrulha na ausência do titular e amigo, Renato Rios Neto.
Leia mais