Ouvindo...

Times

Vale do Aço: mulher é investigada por aplicar golpes em idosos alegando ser funcionária do INSS

A suspeita solicitava quantias em dinheiro às vítimas sob o pretexto de ajudá-las a se aposentarem. o prejuízo na região já passa de R$50 mil

O 12º Departamento de Polícia Civil de Ipatinga está investigando uma série de golpes no Vale do Aço. Uma mulher de 58 anos alegava ser funcionária do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) para enganar idosos que moram região. O prejuízo, apenas no Vale do Aço, já passa de R$50 mil.

Segundo informações da Polícia Civil, a suspeita solicitava quantias em dinheiro às vítimas sob o pretexto de ajudá-las a se aposentarem, porém, ficava com o dinheiro.

As investigações identificaram pelo menos 11 vítimas, de Ipatinga, Iapu, Ipaba, Cel. Fabriciano, Timóteo e outras cidades de Minas Gerais, sendo três delas maiores de 70 anos de idade.

O Delegado Thiago Alves Henriques, titular das investigações no Departamento de Polícia de Ipatinga, afirmou que a mulher já foi identificada e indiciada em procedimentos criminais no Estado de Minas Gerais. No entanto, a suspeita ainda não foi localizada em seus diversos endereços em Minas Gerais e fora do Estado.

O Delegado ainda chama a atenção para esta espécie de golpe, informando que funcionários do INSS não procuram pessoas em suas residências para se aposentarem. A PCMG orienta a todas as possíveis vítimas ou ainda terceiros com informações relevantes acerca desse fato, que denunciem procurando uma Unidade Policial ou pelo DDU 181.

*Estagiário sob a supervisão de Jefferson Rocha

Leia mais