Ouça a rádio

Compartilhe

Primeiro caso de covid-19 deixa moradores do Morro do Papagaio em alerta máximo

Reprodução Facebook Júlio Fessô
Foto: Reprodução Facebook Júlio Fessô

O primeiro caso de covid-19 na favela do Morro do Papagaio, um dos maiores aglomerados de Belo Horizonte, foi confirmado nesta semana. A chegada do novo coronavírus nas favelas está entre as principais preocupações das autoridades de saúde.

A favela do Morro do Papagaio, localizada na região Centro-Sul de BH, tem mais de 17 mil moradores, muitos dividindo barracos apertados que impedem qualquer possibilidade de isolamento. 

“Infelizmente a notícia não é boa. Temos um primeiro caso de covid-19 confirmado aqui no Morro do Papagaio. Não me perguntem quem é, pois, o meu objetivo não é de causar nenhum pânico às pessoas, ou constrangimento à família; quero tão somente alertar vocês, moradores do Morro do Papagaio sobre o perigo que é este vírus, e reforçar o pedido:  quem pode (na medida do possível) fique em casa. Quem não pode, ao sair e voltar, se cuide. Lave bem as mãos com água e sabão, evite aglomerações, use máscara e álcool em gel (se tiver). Todo cuidado ainda é pouco, e precisa ser mútuo. Obrigado pela atenção!!”, escreveu o líder comunitário Júlio Fessô em seu perfil no Facebook.

Recorte epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde divulgado na semana passada aponta casos da doença no Alto Vera Cruz, Taquaril, Santana do Cafezal e Vila Marçola.