Ouvindo...

Times

Stock Car: pesquisa revela que 65% da população de BH apoia grandes eventos

Estudo feito pela Fecomércio MG ouviu moradores da Pampulha e também de regiões que não serão impactadas pela corrida, que vai ser realizada em agosto

Uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Minas Gerais (Fecomércio MG) aponta que 65% dos entrevistados aprovam grandes eventos em Belo Horizonte, como a edição da Stock Car prevista para agosto deste ano. Além disso, 50% dos entrevistados acreditam que eventos como a corrida de carros pode contribuir com a geração de renda e a criação de emprego.

O estudo ouviu pessoas que moram na Pampulha, região diretamente impactada pela Stock Car, e também por moradores de outros bairros que não serão influenciadas pela disputa. Devid Lima da Silva, estatístico da Fecomércio MG, explica que o estudo mostrou que a população tem consciência de que eventos assim são bons para a economia local.

‘Cerca de 50% dos entrevistados tiveram a percepção de que eventos como a Stock Car contribuem com a geração de renda e a criação de emprego. Além desses pontos positivos, eles percebem que o evento pode melhorar a atração de turistas e é uma nova oportunidade de cultura e lazer para a cidade’.

Os números da pesquisa podem entusiasmar outros empresários para trazer outros tipos de eventos para a capital mineira: ‘essa nova estrutura na Pampulha pode ser um atrativo. Até porque a Stock Car não é só corrida, tem também shows, gastronomia e muito mais. O espaço fica aberto para outros segmentos’.

A expectativa é que a primeira das cinco corridas para a Stock Car em Belo Horizonte, que será disputada entre os dias 15 e 18 de agosto, gere 2 mil empregos diretos e indiretos e injete R$ 200 milhões na economia de Belo Horizonte. Nos cinco anos de contrato, o evento deve movimentar R$ 1 bilhão. A corrida deste ano deve reunir mais de 30 mil pessoas em BH e ainda terá transmissão para mais de 150 países.

Leia também

BH Stock Festival

Em entrevista à Itatiaia, Sérgio Sette Câmara deu detalhes das atividades que farão parte do evento.

“Será muito interessante porque não é só corrida. O evento completo se chama BH Stock Festival. Vamos ter um festival gastronômico comandado pelo Rodrigo Ferraz, que organiza o Festival de Tiradentes, e vamos trazer a comida mineira para quem estiver aqui e quem vier de fora. Terá kart, autorama, espaço kids, simuladores, roda gigante e fan zone ", completou.

Circuito

O circuito será ao entorno do Mineirão, mas não utilizará nenhuma parte interna do estádio. A reta principal do trajeto será na Avenida Coronel Oscar Paschoal, entre o Centro Esportivo Universitário (CEU) e o Hall de entrada do Gigante da Pampulha.

Os carros partirão em direção à Avenida Abraão Caram e continuarão em direção à Avenida Rei Pelé. Como o trecho envolve uma grande quilometragem em alta velocidade, está prevista a criação de uma chicane (um trecho em ziguezague) para diminuir a velocidade dos carros antes de uma longa curva.

Depois de contornar o Gigante da Pampulha, os carros subirão a Avenida Catalão até próximo ao trevo do bairro Ouro Preto. Ali, farão uma curva de 180 graus para retornar e voltar “na contramão” para o início do circuito, de volta à Avenida Coronel Oscar Paschoal.

Diversas estruturas temporárias serão movimentadas para a realização do evento. Cerca de 7 km de gradis, 4 km de guard rail e 3 km de blocos de concreto serão posicionados em todo o circuito para garantir a segurança dos pilotos, equipes e público presente.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter de política na Rádio Itatiaia. Começou no rádio comunitário aos 14 anos. Graduou-se em jornalismo pela PUC Minas. No rádio, teve passagens pela Alvorada FM, BandNews FM e CBN, no Grupo Globo. No Grupo Bandeirantes, ocupou vários cargos até chegar às funções de âncora e coordenador de redação na BandNews FM BH. Na televisão, participava diariamente da TV Band Minas e do BandNews TV. Vencedor de 8 prêmios de jornalismo. Já foi eleito pelo Portal dos Jornalistas um dos 50 profissionais mais premiados do Brasil.
Leia mais