Ouvindo...

Times

Fortaleza atinge a pior sequência sem vitórias na temporada

São seis jogos sem ganhar, cinco pelo Brasileiro e a final da Copa Sul-Americana; time caiu para a 10ª colocação na Série A

Faz exatamente um mês que o Fortaleza conquistou sua última vitória, um 3 a 2 sobre o América, na Arena Castelão, na capital cearense, pelo Campeonato Brasileiro. Era 8 de outubro. O empate por 1 a 1 com o Athletico-PR nesta quarta-feira (8), pela 33ª rodada, fez o time treinado por Juan Pablo Vojvoda completar seis jogos sem triunfo: são quatro derrotas e dois empates, a pior sequência em 2023.

Os seis jogos foram:

  • Vasco 1 x 0 Fortaleza - 18/10 - Brasileiro

  • Bahia 2 x 0 Fortaleza - 21/10 - Brasileiro

  • Fortaleza 1 x 1 LDU (derrota por 4 a 3 nos pênaltis) - final da Sul-Americana

  • Atlético 3 x 1 Fortaleza - 1/11 - Brasileiro

  • Fortaleza 0 x 2 Flamengo - 5/11 - Brasileiro

  • Athletico-PR 1 x 1 Fortaleza - 8/11 - Brasileiro

Anteriormente o pior retrospecto havia sido em maio, entre os dias 8 e 20, quando ficou cinco partidas sem ganhar, com três empates e duas derrotas:

  • Corinthians 1 x 1 Fortaleza - 8/5 - Brasileiro

  • Fortaleza 0 x 0 São Paulo - 11/5 - Brasileiro

  • Grêmio 0 x 0 Fortaleza - 14/5 - Brasileiro

  • Palmeiras 3 x 0 Fortaleza - 17/5 - Copa do Brasil

  • América 2 x 1 Fortaleza - 20/5 - Brasileiro

O time voltou a vencer em 24 de maio, resultado importante na fase de grupos da Copa Sul-Americana, um 3 a 2 sobre o San Lorenzo, da Argentina, na Arena Castelão.

"É duro esconder a dor do vice [na Copa Sul-Americana], fizemos um grande campeonato, mas já passou. Conversamos internamente sobre isso. Acho que contra o Atletico tivemos um rendimento melhor do que nos últimos jogos, não ganhamos, mas interrompemos a sequência de derrotas”, disse o atacante Guilherme, autor do gol na Ligga Arena, em Curitiba.

O Fortaleza volta a campo no próximo domingo, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, na capital do Mato Grosso, às 18h30 (de Brasília). O jogo será pela 34ª rodada do Brasileirão. O time caiu para a 10ª posição na classificação, com 43 pontos, mas tem dois jogos a menos, contra Cruzeiro e Botafogo, ambos na Arena Castelão.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais