Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

'É sempre contra o Flamengo’, diz zagueiro ao reclamar de arbitragem

Fabrício Bruno disparou contra árbitro após derrota para o Santos, por 2 a 1, no Mané Garrincha

Zagueiro titular do Flamengo, Fabrício Bruno reclamou da atuação do árbitro Rafael Rodrigo Klein na derrota da equipe para o Santos, por 2 a 1, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O dono do apito expulsou Gerson e Bruno Henrique, jogadores do Rubro-Negro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Fabrício Bruno disparou contra o dono do apito. Ele afirmou que a arbitragem é “terrível” e disse que as marcações são sempre contra o Flamengo.

“A arbitragem é terrível. Eu já cansei de reclamar, reclamar e reclamar. O Jean Lucas me dá um pisão no pé. O meu meião está rasgado. Ele vai dar o cartão e não dá. Você não pode reclamar com ele porque ele vai expulsar, igual fez com o Bruno Henrique. Tem atitude que precisa ser vista. É sempre contra o Flamengo. É sempre assim. Mas é levantar a cabeça agora. Temos um jogo dificílimo. Temos que corrigir os erros para voltar a vencer no campeonato”, disse.

O zagueiro flamenguista explicou que a expulsão de Gerson, no fim do primeiro tempo, prejudicou o desempenho da equipe em campo. Para ele, o Flamengo precisou baixar as linhas, estilo diferente do utilizado pelo técnico Tite.

“Depois da expulsão é nítido que é difícil, a gente tem que abaixar a linha. É uma equipe que está em uma situação difícil, mas sabe propor o jogo e consegue jogar. Com um a menos não tem como conseguir jogar. Nós suportamos bem”, completou.

Gerson foi expulso por acertar uma cotovelada em Julio Furch, do Santos. Já o atacante Bruno Henrique levou o cartão vermelho por reclamação ostensiva contra o árbitro.

Túlio Kaizer é jornalista esportivo com grande experiência no digital. Foi setorista dos três grandes clubes do futebol mineiro: América, Atlético e Cruzeiro. Cobre também basquete, vôlei, esportes americanos, esportes olímpicos e e-sports.
Leia mais