Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Consolidado no Flamengo, zagueiro reencontra o Cruzeiro, clube que o formou

Formado nas divisões de base da Raposa, Fabrício Bruno firmou-se como titular absoluto do Flamengo nesta temporada

Os 5,098 minutos em campo - o maior número entre todos jogadores - não deixam dúvidas: Fabrício Bruno é um dos titulares absolutos do Flamengo em 2023. O zagueiro é uma das certezas na escalação de Tite, que estreia no comando do Rubro-Negro nesta quinta (19) diante do Cruzeiro. Será o reencontro do defensor com o clube que o revelou e deixou em 2020, após um imbróglio judicial.

São 53 jogos na temporada de Fabrício Bruno, zagueiro contratado em 2022 por quase R$ 18 milhões. Em seu primeiro ano no Ninho, foi reserva de David Luiz e Léo Pereira. A partir de janeiro, firmou-se como titular na equipe de Vítor Pereira, inicialmente, e seguiu assim sob comando de Jorge Sampaoli.

Impondo-se fisicamente, “sobreviveu” à oscilação coletiva que atingiu o Flamengo ao longo de 2023. A velocidade e a boa cobertura são as principais qualidades do defensor. A saída de bola não é tão segura quanto a de Léo Pereira, o seu principal parceiro no ano, ou de David Luiz, reserva imediato.

Cria da Raposa, Fabrício Bruno estreou pelo clube em 2016, mas foi emprestado para a Chapecoense entre 2017 e 2018. Após defender o Cruzeiro em 2019, o zagueiro entrou na Justiça contra o clube por salários e direitos de imagem atrasados. As partes entraram em acordo no início de 2020, com o zagueiro retirando a ação e o clube rescindindo o contrato. Livre, o zagueiro foi para o Bragantino.

Desde que deixou a Raposa, Fabrício Bruno só enfrentou o Cruzeiro uma vez. Foi no primeiro turno deste Brasileirão, no empate em 1 a 1 no Maracanã. Assim, o jogo desta quinta (19) marcará o reencontro do zagueiro com o Mineirão. A bola rola às 20h (de Brasília) pela 27ª rodada do Brasileirão.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais