Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Com brilho da base, Atlético goleia Ipatinga e vai à semifinal do Mineiro

Atlético bateu o Ipatinga por 3 a 0, neste sábado, na Arena MRV, em Belo Horizonte

O sábado (2) foi especial para o Atlético, na Arena MRV. Pela oitava rodada do Campeonato Mineiro, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari venceu o Ipatinga por 3 a 0, em tarde de brilho de jogadores formados nas categorias de base do clube. Os gols foram marcados pelo meia/lateral Rubens, pelo atacante Cadu e pelo volante Rodrigo Battaglia.

Na semifinal, o Galo terá pela frente o América. Na primeira fase, as duas equipes se enfrentam no Independência e empataram por 1 a 1. Os duelos serão disputados nos dois próximos fins de semana, mas ainda sem data confirmada.

Como teve melhor campanha na fase de grupos, o Coelho joga por dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols para ir à final e quebrar a hegemonia do Galo na competição. O Alvinegro, por sua vez, terá que superar o Alviverde para seguir sonhando com o penta.

Time alternativo

Para o duelo com o Tigre, Felipão fez várias mudanças na equipe. Pensando na semifinal do Mineiro, o comandante atleticano deixou fora da partida cinco atletas pendurados com dois amarelos. Cabe lembrar que na fase seguinte, os cartões não serão zerados.

Com isso, a dupla Hulk e Paulinho, o volante Otávio e os laterais Guilherme Arana e Renzo Saravia ganharam “folga forçada”.

Ataque da base

Sem os astros do setor ofensivo, o Alvinegro foi a campo com uma dupla oriunda das categorias de base. Alisson e Cadu foram confirmados entre os onze.

Lesionados

Além dos pendurados, outros quatro atletas ficaram fora do confronto, por lesão. Foi o caso do lateral-direito Mariano, dos zagueiros Mauricio Lemos e Igor Rabello, e do meia Matías Zaracho.

Vargas fora do Atlético

Contratado em 2020, a pedido do técnico Jorge Sampaoli, o atacante Eduardo Vargas não deve vestir mais a camisa do Galo. Cortado do jogo com o Ipatinga, o chileno está a caminho do Fortaleza, conforme noticiou a Itatiaia antes de a bola rolar.

Primeiro tempo de domínio

Os primeiros 45 minutos de bola rolando na Arena MRV foram de domínio dos donos da casa. Empurrados pela torcida, os jogadores partiram em busca de abrir o placar no início.

Aos 13, veio a recompensa. Aproveitando cruzamento vindo do lado esquerdo, Rubens, de cabeça, estufou a rede e correu para o abraço.

Duas vezes Cadu: o quase e o gol

Aos 24 minutos, Cadu quase ampliou. Aproveitando contra-ataque rápido puxado por Gustavo Scarpa e Alisson, o prata da casa recebeu na área, chutou cruzado, mas o goleiro adversário, espalmando a bola, evitou o tento.

Contudo, dois minutos depois, ele recebeu cruzamento da direita e, também de cabeça, deixou o dele. Foi o primeiro gol do jogador de 19 anos pela equipe principal do Atlético.

Mexidas para o segundo tempo

Para dar rodagem ao elenco e aproveitando da vantagem no placar, Felipão fez duas mexidas para a volta do intervalo. Alisson, que fez grande primeiro tempo, e Rubens, autor do primeiro tento, deram lugar a Pedrinho e Patrick.

Gol anulado!

Aos 14 minutos, o atacante Rafael Lopes recebeu livre na área, superou o goleiro Everson, mas não conseguiu diminuir o marcador. Apesar de balançar a rede, o jogador do Ipatinga estava em posição irregular.

Virou goleada!

A resposta do Galo veio minutos depois. Esperto na roubada de bola, o volante Rodrigo Battaglia puxou contra-ataque aos 17 minutos. Ele acionou Cadu, que devolveu a bola no jeito para que o argentino só tivesse o trabalho de deixar o dele.

Mais um da base

Aos 21, Felipão acionou outro atleta oriundo da base. O volante Paulo Victor deixou o banco de reservas e entrou no lugar de Battaglia.

Atlético 3 x 0 Ipatinga

Atlético

Everson; Edenilson, Bruno Fuchs, Jemerson e Rubens (Patrick no intervalo); Battaglia (Paulo Vítor), Igor Gomes (Isaac), Alan Franco e Gustavo Scarpa; Alisson (Pedrinho no intervalo) e Cadu. Técnico: Felipão.

Ipatinga

Douglas Baldini; Ézio, Alex Trindade, Nilo e Hebert (Pedrinho no intervalo); Marquinhos Bento, Paranhos (Júlio Simas), Vico (Alex Matos no intervalo) e Gerson Magrão; Luís Felipe (Raphael Lopes no intervalo) e PH. Técnico: Fabiano Braz.

Gols

Rubens, do Atlético, aos 13'/1ºT; Cadu, do Atlético, aos 26'/1ºT; Battaglia, do Atlético, aos 17'/2ºT;

Cartões Amarelos

Rubens, do Atlético; Gérson Magrão e Marquinhos Bento, do Ipatinga;

  • Motivo: 8ª rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro;
  • Data, horário e local: sábado, 2 de março, às 16h30 (de Brasília), na Arena MRV, em Belo Horizonte;
  • Público: 34.988 pessoas
  • Renda: R$ 1.521.529,94
  • Arbitragem: Murilo Francisco Misson;
  • Auxiliares: Pablo Almeida Costa e Leonardo Henrique Pereira;
  • VAR: Michel Patrick Costa;
Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Leia mais