Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vojvoda diz que Fortaleza recupera confiança com boa atuação na final estadual

Tricolor teve mais a bola do que o Ceará na primeira partida da decisão do Campeonato Cearense, que terminou 0 a 0 neste sábado (30), n Arena Castelão

Para o técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, o time recuperou a confiança neste sábado (30), mesmo não vencendo. O 0 a 0 contra o Ceará foi válido pela primeira partida da final do Campeonato Cearense, na Arena Castelão, na capital cearense.

O Leão venceu somente um dos últimos oito jogos, mas na avaliação do treinador o desempenho no Clássico-Rei foi bom, após partidas seguidas abaixo do rendimento. Este foi o terceiro confronto contra o maior rival em 2024, com um empate por 3 a 3, na primeira fase do Estadual, e uma derrota de 1 a 0 pela Copa do Nordeste.

“A equipe correspondeu depois de um momento bem anêmico que estamos passando. Acho que conseguimos recuperar parte dessa confiança que sempre tivemos. Procuramos o resultado, jogamos bem perto da trave do adversário, mas sabemos que é um jogo de 180 minutos e precisamos repetir a atuação”, disse Vojvoda.

O treinador inovou na escalação de seu time. Colocou três zagueiros, Britez, Kuscevic e Titi, e dois alas bem abertos, Dudu, na direita, e Bruno Pacheco, na esquerda, este recuperado de lesão.

No meio de campo, três volantes: Zé Welison, Lucas e Sasha e Hércules, que atuou mais adiantado. Ele foi titular pela primeira vez após se recuperar de uma grave lesão no joelho que o tirou de campo por quase nove meses.

“Trabalhamos essa formação na semana, mas já usamos em outras oportunidades. Temos um elenco versátil, que podemos sempre ter algumas opções diferentes. E quero parabenizar o elenco, os jogadores, que entenderam essa mudança de postura e de posicionamento. Quero agradecer também a torcida, que esteve no estádio, sabemos que não vivemos uma boa fase, mas o estádio estava cheio”, disse o treinador.

A definição do campeão cearense de 2024 será no próximo sábado (6), também no Castelão, às 16h40 (de Brasília). Quem ganhar levanta a taça, se houver empate o vencedor será conhecido após cobranças de pênaltis.

O Fortaleza tenta ser o primeiro hexacampeão cearense na história da competição, disputada desde 1915. O Ceará tenta interromper a hegemonia do rival e ganhar o Cearense pela primeira vez desde 2018.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais