Ouvindo...

Times

Em negociação com o Botafogo, Almada tem salário milionário na MLS; saiba mais

John Textor tem o interesse em contratar a joia argentina em operação similar a do atacante Luiz Henrique

Desejo antigo de John Textor, Thiago Almada está na mira do empresário norte-americano nesta janela de transferências. O proprietário da SAF do Botafogo negocia com o argentino uma transferência nos moldes da contratação de Luiz Henrique. Além das conversas já em andamento com o atleta, Textor precisa chegar a um acordo com o Atlanta United, dos Estados Unidos.

Almada é um dos principais nomes do clube da Major League Soccer. Campeão mundial pela Argentina no Catar, em 2022, o meia-atacante divide a artilharia da equipe em 2024 com Giorgos Giakoumakis. Com a saída do atacante grego para o Cruz Azul, do México, no último dia 16, Almada passou a ter o maior salário da equipe.

Almada tem um salário base anual de 1 milhão e 550 mil dólares, que alcançam 2 milhões e 232 mil dólares com bônus (próximo de R$ 12 milhões anuais, segundo a cotação atual). Saiba mais sobre os vencimentos na MLS abaixo.

Leia também

Ciente do potencial de Almada em atuar no futebol europeu, John Textor quer repetir a estratégia que resultou na chegada de Luiz Henrique ao Botafogo, contratado junto ao Bétis, da Espanha.

Uma possível chegada de Almada ao Glorioso estará vinculada com a ida futura do meia-atacante para um dos times que fazem parte da Eagle Holding, como o Lyon-FRA e o Crystal Palace-ING.

Apesar das conversas adiantadas entre Textor e representantes do Almada, como noticiado pelo portal “ge”, ainda não há acordo com o Atlanta United pela transferência do Almada.

A janela de transferências no futebol brasileiro abre no dia 10 de julho e vai até 2 de setembro de 2024. Para o segundo semestre, o Botafogo já acertou com Allan e Igor Jesus.

Interesse antigo de John Textor

O desejo de John Textor em Thiago Almada não é novidade. Em março de 2024, o empresário norte-americano falou sobre a possibilidade de contratar o atleta argentino.

“Eu respeito o clube onde ele joga. Você não vai em um clube e tira um jogador na primeira semana da temporada. Ele é o melhor jogador do time e foi eleito o melhor jogador do ano na MLS. Então quando você fala de jogador desse nível, você fala com o clube. Nós não temos que ir a empresários, necessariamente. Essa é a relação que temos nos Estados Unidos. Eles sabem que a gente gosta dele. A Europa gosta dele”, detalhou Textor.

Aos 23 anos, Thiago Almada está em sua terceira temporada pelo Atlanta United, clube norte-americano que pagou 16 milhões de euros ao Vélez Sarsfield, da Argentina, em 2022. Na época, foi a maior transferência da história da Major League Soccer.

Eleito o jovem jogador da MLS em 2023 e artilheiro do Torneio Pré-Olímpico em 2024, pela Argentina, o meia-atacante desperta a atenção de diversos clubes europeus. No fim de 2022, substituiu Joaquín Correa, lesionado, e fez parte do grupo da Argentina que conquistou a Copa do Mundo no Catar.

Entenda o salário de Almada

A Major League Soccer divide as informações dos salários recebidos por todos jogadores da Liga em dois tipos: salário base anual e rendimento anual garantido com bônus.

O primeiro valor consiste no valor de contrato anual recebido por cada atleta. No segundo, acrescenta-se os bônus pela assinatura de contrato ou por marketing.

Por exemplo, o jogador que inicialmente tem um contrato de dois anos com salário base anual de 500 mil dólares e assina uma renovação por mais duas temporadas com bônus de 100 mil dólares, passa a ter um rendimento anual garantido de 525 mil dólares.

No caso de Lionel Messi, por exemplo, a base salarial é de 12 milhões de dólares anuais. Com os bônus, o valor sobre para 20 milhões e 446 mil dólares por ano, sendo o mais bem pago da MLS.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais