Ouvindo...

Times

Bahia mostra força em decisões e atinge melhor sequência invicta desde 2020

Time treinado por Rogério Ceni está há nove jogos sem perder na temporada

Com o resultado positivo diante do Vitória nesta quarta-feira (20), o Bahia atingiu sua melhor sequência invicta desde 2020. O time treinado por Rogério Ceni não perde há nove jogos na temporada. São oito vitórias e um empate, com 20 gols marcados e apenas seis sofridos. A última derrota foi justamente para o Leão, no dia 18 de fevereiro, pela 7ª rodada do Campeonato Baiano.

E o período desde então foi marcado por jogos decisivos. O Esquadrão de Aço passou por duas fases da Copa do Brasil, foi à final do Baianão e garantiu, de forma antecipada, a classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste.

A sequência invicta do Bahia

  • Moto Club-MA 0 x 4 Bahia (Copa do Brasil)
  • Juazeirense-BA 1 x 2 Bahia (Campeonato Baiano)
  • CRB 0 x 1 Bahia (Copa do Nordeste)
  • Bahia 2 x 0 Jacuipense (Campeonato Baiano)
  • Ceará 1 x 2 Bahia (Copa do Nordeste)
  • Jequié-BA 0 x 1 Bahia (Campeonato Baiano)
  • Caixas-RS 2 x 2 Bahia (Copa do Brasil)
  • Bahia 4 x 1 Jequié-BA (Campeonato Baiano)
  • Bahia 2 x 1 Vitória (Copa do Nordeste)

Um detalhe importante é que seis desses nove jogos foram como visitante.

No próximo domingo (24), o Bahia pode igualar a marca que atingiu em 2020, quando ficou 10 jogos sem perder. A sequência ocorreu entre os dias 9 de fevereiro e 22 de julho - o futebol brasileiro teve uma longa paralisação em razão da pandemia de Covid-19. Na época, foram oito vitórias e dois empates, com 22 gols marcados e seis sofridos.

O próximo adversário do Tricolor é o Maranhão-MA, pela 7ª rodada da fase de grupos do Nordestão. O jogo acontecerá na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). Lá, o time da casa não perde desde o dia 17 de janeiro - perdeu para o Jequié-BA com um time alternativo, já que o principal fazia pré-temporada em Manchester, na Inglaterra.

“Fico feliz de estar sempre vencendo aqui. O combustível do torcedor é importante para que o time cresça. Vejo uma excelente campanha dentro de casa. Ainda não são competições iguais ao campeonato brasileiro. É um marco importante, se acostumar a vencer, ser o dono da sua casa”, avalia Rogério Ceni.

Ataque fulminante

Um dos principais motivos para o sucesso do Bahia neste início de temporada é o ataque fulminante. Em apenas 19 jogos disputados, a equipe marcou incríveis 44 gols - uma média de 2,3 por jogo.

É o clube da Série A que mais balançou as redes em 2024. Atlético-GO (42 gols) e Cuiabá (34) completam o “top 3" da Primeira Divisão.

Número de gols marcados por times da Série A

  • Bahia - 44 gols
  • Atlético-GO - 42 gols
  • Cuiabá - 34 gols
  • Botafogo - 33 gols
  • Fortaleza - 28 gols
  • Internacional - 28 gols
  • Vitória - 28 gols
  • Grêmio - 27 gols
  • Vasco - 27 gols
  • Athletico - 25 gols
  • Flamengo - 25 gols
  • Palmeiras - 25 gols
  • Criciúma - 23 gols
  • Juventude - 22 gols
  • São Paulo - 21 gols
  • Corinthians - 19 gols
  • Fluminense - 19 gols
  • Cruzeiro - 18 gols
  • RB Bragantino - 18 gols
  • Atlético - 17 gols

A defesa, por outro lado, precisa melhorar. Do Brasileirão, o Esquadrão é, com sobras, a equipe que mais sofreu gols antes dos 15 minutos iniciais das partidas. São sete, no total, contra três do Internacional, segundo colocado no quesito.

“A gente tem sofrido sempre nos começos dos jogos. Acho que precisamos ter mais atenção para isso”, reconhece Rogério Ceni.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais