Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Imagem de Daniel Alves é removida do Museu do Bahia após condenação

Jogador foi condenado a 4 anos e seis meses de prisão por estupro de uma jovem na Espanha

A imagem de Daniel Alves não pertence mais à galeria de ídolos do museu do Bahia, localizado na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). Depois da condenação do jogador por estupro na Espanha, o clube decidiu remover o retrato do local. A informação foi veiculada primeiro pelo GE e confirmada pela Itatiaia.

Nascido em Juazeiro, no Norte da Bahia, Daniel Alves se profissionalizou pelo Esquadrão de Aço em 2001. Ele tem, no total, 33 partidas com a camisa tricolor e cinco gols marcados. Em 2002, foi transferido ao Sevilla, onde começou sua carreira internacional.

Nesta quinta-feira (22), o atleta foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão pelo crime de estupro de uma jovem. O episódio ocorreu em dezembro de 2022, em uma boate localizada em Barcelona, na Espanha.

Daniel Alves ainda pode recorrer da decisão, no Superior Tribunal de Justiça de Catalunha. A defesa do jogador pode ainda apelar ao Tribunal Supremo, em Madrid, em última instância.

Em contato com a reportagem, o Bahia informou que não vai comentar o assunto.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais