Ouvindo...

Times

Álbum de Lauryn Hill é eleito pela Apple como o melhor de todos os tempos

Lançado em agosto de 1998, o “The Miseducation of Lauryn Hill” tem 16 músicas e é o único de estúdio gravado pela cantora

A Apple lançou, durante as últimas semanas, a lista de 100 melhores álbuns da história. Divulgando dez por dia desde o dia 13 de maio. E com o passar dos dias, foi gerando expectativas em muitos fãs de música e, nesta quarta-feira (22), foi finalmente divulgado o tão esperado “Top 1”, o “The Miseducation of Lauryn Hill”.

Não é a primeira vez que a obra é prestigiada pela crítica, que levou o Prêmio Billboard “Melhor álbum R&B” de 1998 e os Grammys de “Álbum do Ano” de 1999, “Melhor álbum R&B” do mesmo ano.

Sobre a coroação de melhor álbum de todos os tempos pela Apple Music, a cantora comenta: “este é o meu prêmio, mas é uma narrativa rica e profunda e envolve tantas pessoas, tanto sacrifício, tanto tempo, e tanto amor”.

Seguido da artista estadunidense, na lista está também Michael Jackson com “Thriller”, lançado em 1982 e, fechando o pódio, a banda The Beatles com “Abbey Road” de 1969.

Leia também

Sem Brasil na lista

Apesar da música feita por brasileiros estar avançando gradualmente no cenário internacional, não foi desta vez que o Brasil marcou presença na seleção da Apple.

O único representante latino na lista, foi o porto-riquenho Bad Bunny, em 76° lugar com o álbum “Un Verano Sin Ti”, lançado em maio de 2022.

Opinião do público

Como a curadoria não considerou números das plataformas de streaming, o resultado do levantamento deixou o público dividido entre aqueles que questionaram o resultado e os que de fato gostaram dele.

Nas redes sociais os fãs de música não deixaram de opinar. “Lauryn Hill estar no topo não me agrada. Posso excluir meu Apple Music”, disse um usuário. Em contrapartida, outro usuário comenta “Esse álbum é uma obra-prima, um esplendor! Imortal, Lauryn Hill, você sempre será famosa”.

Mas além do Top 1 ter sido alvo de críticas, alguns artistas escolhidos, ou colocação de outros, também gerou repercussão. Um usuário questiona: “Vocês só deram para ela só porque Michael Jackson não está vivo. É tudo uma questão de show para vocês!!”, critica.

Sob supervisão de Marcello Pereira*


Participe dos canais da Itatiaia:

Graduanda em Jornalismo pela PUC Minas. Interessada por redes sociais e editorias de cultura, entretenimento e cidades. Atualmente está na editoria de Redes Sociais.
Leia mais