Ouvindo...

Times

Médico de Faustão fala sobre pacientes que aguardam transplante: ‘missão fica mais forte’

Apresentador passou por cirurgia no dia 27 de agosto e, 14 dias depois, recebeu alta hospitalar

Após Fausto Silva, de 73 anos, agradecer publicamente os médicos Fábio Gaiotto e Fernando Bacal, ambos do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, um dos profissionais resolveu se pronunciar. Faustão recebeu alta no domingo (10), 14 dias após ser submetido ao transplante de coração.

“Fausto Silva recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein neste domingo, dia 10 de setembro de 2023. O paciente seguirá sob as orientações médicas e nutricionais necessárias para a reabilitação após o transplante cardíaco”, diz a nota divulgada pelo hospital.

Nas redes sociais, Faustão escreveu: “Obrigada!! Foi lindo ver a emoção de vocês [Fábio Gaiotto e Fernando Bacal] na alta. Relação de amizade e de muita admiração. Gratidão eterna! Continuem adiante e parabéns pelo lindo trabalho que fazem no Incor pelo SUS, assim como no Hospital Albert Einstein, atendendo a muitos pacientes 100% pelo SUS também”.

Leia também:

Além dos profissionais, o apresentador agradeceu toda a equipe de enfermagem do hospital. “Trinta e cinco dias acompanhando essa dedicação e amor à profissão. Dr Bento, obrigada. Seguimos juntos na próxima etapa”, finalizou.

Na ocasião, Fernando Bacal comentou que a recuperação do apresentador pode servir de inspiração para outros pacientes. “Um privilégio estar junto de vocês nesta jornada. Que a recuperação do querido Fausto, inspire os milhares de pacientes que aguardam transplantes no país. Nossa missão, só fica mais forte a partir de agora”, disse.

Entenda

Internado em 5 de agosto com insuficiência cardíaca, Faustão acabou apresentando piora no quadro e, por isso, precisou entrar na fila de transplante de coração do SUS. O procedimento foi feito no dia 27 de agosto, seguindo a ordem prioritária da Secretaria Nacional de Transplantes - o apresentador era o segundo da fila e só pôde fazer a cirurgia após recusa do primeiro.

O doador era um jogador de futebol, de 35 anos, que morreu no sábado após Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele residia em Santos, no litoral de São Paulo. O órgão foi transportado de helicóptero até a capital paulista. Faustão recebeu alta dia 10 de setembro, domingo.

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais