Ouça a rádio

Compartilhe

Uber vai solicitar selfies de passageiros que quiserem pagar em dinheiro

Medida busca aprimorar a segurança e era uma das mais pedidas pelos motoristas parceiros

Passageiros que pagam viagens na Uber em dinheiro terão de apresentar uma selfie antes de requisitar o veículo. A medida de segurança começa a valer nesta segunda-feira (23) e, por enquanto, será solicitada apenas a alguns usuários, já que está em fase de teste.

Segundo a empresa, o recurso estava entre os mais pedidos pelos motoristas parceiros do aplicativo segundo pesquisas internas realizadas pelo app. A função se junta a outras já existentes no aplicativo para verificação de usuário: como a conferência do CPF na base de dados da Serasa Experian e a solicitação de foto do documento de identidade. 

A companhia informa que a imagem não será compartilhada com os parceiros nem passará por verificação biométrica, mas será armazenada nos servidores da Uber para consulta em caso de necessidade. Araceli Almeida, gerente de operações para segurança da plataforma, aponta que o recurso ajuda a aprimorar a segurança das viagens. 

Ela ressalta que a selfie é uma camada adicional de cuidado com os parceiros.

“Ela se junta à verificação de CPF dos usuários que já realizamos há muitos anos. Tudo para dar mais tranquilidade para quem realiza viagens utilizando o nosso app", afirma.

Em abril, a Uber passou a mostrar aos parceiros o endereço de destino dos seus passageiros antes mesmo do aceite das viagens. Além disso, integrou o botão "Ligar para a Polícia" no app com o atendimento ao 190 no Rio de Janeiro. 

Sempre que ele for utilizado, seja pelo motorista, seja pelo passageiro, o atendente do serviço de emergência receberá a localização em tempo real e as informações da viagem em que foi originada a chamada diretamente na tela do computador. A Uber quer levar a opção a todos os Estados do país. 

Motorista atacada usa função de gravação

Audineth Aguiar, motorista da plataforma 99, acionou o sistema que grava áudios no interior dos veículos quando foi atacada por um passageiro na noite de sexta-feira (20) em Campo Grande (MS). Ela pediu socorro no áudio gravado pelo sistema.

Uma amiga da motorista disse à TV Globo que ela fez uma corrida no bairro Santa Emília entre 20h e 20h30. O passageiro pediu que ela entrasse em uma rua fora do trajeto indicado pelo app e, lá, começou a esfaqueá-la. O passageiro fugiu porque ela começou a buzinar. 

Além de recorrer à 99, ela compartilhou as informações em um grupo de mulheres motoristas de aplicativos. As colegas acionaram a polícia e correram para ajudá-la. "Eu estou cortada, eu estou morrendo. Me furou toda de faca. Olha aí, olha onde eu estou. Moço, me socorre, eu fui assaltada, ele me furou toda de faca. Sou Uber e estou toda furada, me ajuda a chegar até o posto", diz ela na gravação.

A reportagem da Itatiaia entrou em contato com a 99 para saber como a plataforma está tratando a situação. Assim que a empresa responder, este conteúdo será atualizado.

Uber vai pedir selfie de cliente que pagar corrida em dinheiro https://t.co/WmeY1RKsvQ

— Rádio Itatiaia (@radioitatiaia) May 23, 2022

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido