Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Starbucks: cinco shoppings de BH e Uberlândia pedem despejo por dívidas de aluguel

Dívidas cobradas pelas administradoras superam os R$ 550 mil, sem contar correção monetária; dona da marca no Brasil tenta entrar em recuperação judicial

Empresa que detém a marca "Starbucks" enfrenta grave crise financeira

Empresa que detém a marca “Starbucks” enfrenta grave crise financeira

Célio Ribeiro/Itatiaia

A cafeteria Starbucks é alvo de, pelo menos, cinco pedidos de despejo na Justiça por conta de atrasos nos pagamentos de aluguel em shoppings de Belo Horizonte e Uberlândia. A marca é operada no Brasil pela SouthRock Capital, que tenta entrar em recuperação judicial por conta de dívidas que chegam a quase R$ 2 bilhões.

A Itatiaia apurou que os Shopping Del Rey, Cidade, Boulevard (todos em BH) e Center Shopping Uberlândia entraram com ações contra a Starbucks Brasil Comércio de Cafés LTDA., administrada pela SouthRock e seus sócios. Há também um quinto processo impetrado pela Multiplan na 7ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte. A Multiplan é responsável pelo BH Shopping, Pátio Savassi e DiamondMall.

O valor total das causas, segundo os dados disponibilizados pela própria Justiça Mineira, ultrapassa os R$ 550 mil, sendo que as maiores dívidas foram apresentadas pela Multiplan (R$ 261 mil) e pelo Shopping Cidade (R$ 140 mil). Outro destaque é que dois dos cinco processos foram impetrados em novembro, após o pedido de recuperação judicial da SouthRock.

Starbucks enfrenta ação de despejo em BH

Em junho, a Justiça mineira determinou que o Starbucks desocupasse sua loja no Shopping Del Rey em até 15 dias, sob pena de despejo compulsório. A Justiça emitiu uma outra liminar com decisão parecida a favor da Multiplan em agosto. Apesar disso, a empresa continuou ocupando suas lojas.

A Itatiaia entrou em contato com todos os shoppings citados na reportagem. Em nota, o Boulevard informou que não vai se posicionar, enquanto os outros não retornaram. A Itatiaia tenta contato com a SouthRock Capital desde o dia 1º de novembro, sem retorno até o momento. O espaço segue aberto.

SouthRock em crise

A SouthRock Capital, empresa que opera os restaurantes das marcas Starbucks e Subway no Brasil, anunciou, na noite desta terça-feira (31), que entrou com um pedido de recuperação judicial na 1ª Vara de Falências da Justiça de São Paulo na noite desta terça. Segundo o documento, a companhia tem uma dívida estimada em R$ 1,8 bilhão.

A empresa afirmou que o pedido busca “proteger financeiramente suas operações no Brasil atrelado a decisões estratégicas para ajustar seu modelo de negócio à atual realidade econômica”. Neste mês, a SouthRock chegou a contratar a consultoria Galeazzi & Associados para organizar uma reestruturação.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais