Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Empresa que opera os restaurantes do Starbucks e Subway anuncia recuperação judicial

Dívida é estimada em R$ 1,8 bilhão; companhia garantiu que todas as marcas vão continuar operando no país

A operadora ainda confirmou que as marcas gerenciadas vão continuar operando

A operadora ainda confirmou que as marcas gerenciadas vão continuar operando

Reprodução/Pátio Savassi

A SouthRock Capital, empresa que opera os restaurantes das marcas Starbucks e Subway no Brasil, anunciou, na noite desta terça-feira (31), que entrou com um pedido de recuperação judicial na 1ª Vara de Falências da Justiça de São Paulo na noite desta terça. Segundo o documento, a companhia tem uma dívida estimada em R$ 1,8 bilhão.

A empresa afirmou que o pedido busca “proteger financeiramente suas operações no Brasil atrelado a decisões estratégicas para ajustar seu modelo de negócio à atual realidade econômica”. Neste mês, a SouthRock chegou a contratar a consultoria Galeazzi & Associados para organizar uma reestruturação.

Segundo a empresa, desde a pandemia as varejistas estão sofrendo para manter as finanças balanceadas. “Os desafios econômicos no Brasil resultantes da pandemia, a inflação e a permanência de taxas de juros elevadas agravaram os desafios para todos os varejistas, incluindo a SouthRock”, diz o comunicado.

A operadora ainda confirmou que as marcas gerenciadas vão continuar operando. A Recuperação Judicial servirá para a empresa navegar melhor no cenário econômico atual.

A SouthRock foi fundada em 2015 e é especializada em gerenciar restaurantes em aeroportos e de grandes marcas internacionais. Desde 2018, a empresa opera os restaurantes da Starbucks e, em 2022, assumiu a gestão das franquias da Subway. A companhia ainda é responsável pelas marcas Eataly e TGI Fridays.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais