Ouvindo...

Times

Presos em um mundo fechado

Podemos pensar que estamos livres, mas muitas jaulas nos aprisionam

Saúde e paz, amados e amadas de Deus!

O Papa Francisco faz grave alerta para cada um de nós: vivemos em um “mundo fechado”. Ilusoriamente, podemos pensar que estamos livres, mas muitas jaulas nos aprisionam. Uma dessas jaulas está no egoísmo. O egoísmo nos leva a disputas, à defesa cega dos nossos próprios interesses. Em nome do próprio interesse, o ser humano acha que pode passar por cima de tudo e de todos.

O egoísmo que aprisiona o ser humano contamina a política. Muitos passam a se envolver com a política para alcançar mais riqueza e poder. Deixam de exercê-la de modo nobre, verdadeiramente cristão. A boa política deve ser justamente instrumento para dissipar as sombras de um mundo fechado. E constroem a “boa política” somente aqueles que superam o egoísmo, dedicando-se ao bem de todos, a exemplo do que fez o Mestre Jesus. Importante lembrar: a boa política não é simplesmente tarefa daqueles que ocupam cargos nas instâncias do poder. Cada um de nós é chamado a contribuir, exercendo a cidadania, participando da vida de nossas comunidades.

Cristo, nosso Mestre, ajude-nos a dissipar as sombras de um mundo fechado.

Fraterno abraço.

O Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e publica semanalmente aos sábados no Portal Itatiaia.
Leia mais