Ouvindo...

Times

Estudante denuncia ameaça de morte com referências nazistas em escola particular de BH

Jovem de 17 anos encontrou uma faca com o nome dele e símbolos nazistas debaixo da carteira

Um estudante de 17 anos do Colégio Marista Dom Silvério, no bairro São Pedro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, denunciou ter sido ameaçado de morte dentro da instituição nessa terça-feira (28). O jovem encontrou uma faca com o nome dele escrito, e símbolos nazistas na carteira.

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 11h, durante aula de história. O garoto teria encontrado uma faca de serra debaixo da carteira que usa, e nela estavam escritos o nome dele junto com o desenho de uma suástica.

Uma colega percebeu a situação e entregou o objeto ao professor, que acionou a direção. Quando a PM esteve na escola, as imagens do circuito de segurança foram vistas, mas nada foi encontrado. Com o registro do BO, a faca foi apreendida e será usada na investigação.

Em nota, o Colégio Marista afirmou que “atendeu a família e o aluno e presta o apoio necessário no caso”. Disse também que registrou boletim de ocorrência e um processo interno para apuração do fato.

A Polícia Civil instaurou procedimento investigatório para apuração dos fatos, e registrou o crime de ameaça.

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais