Ouvindo...

Times

Brasil recolhe R$ 1,6 trilhão de impostos em 2024, uma das cargas tributárias mais altas do mundo

Valor foi atingido um mês antes do que no ano passado, indicativo de novo recorde na arrecadação de impostos no país

Com uma das maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil alcança nesta segunda-feira (17) a quase R$ 1,672 trilhão recolhido em impostos. Neste ano, o valor foi atingido um mês antes do que no ano passado, indicativo de um novo recorde na arrecadação de impostos no país.

No Brasil, todos os cidadãos pagam uma gama de tributos compostos por impostos federais, estaduais e municipais, mesmo que em alguns casos nem percebam. “Muitas vezes, quando não há recolhimento do imposto diretamente, a pessoa paga na terceira grande base de tributação chamada de tributação sobre o consumo. Então, quando um cidadão está comprando um bem qualquer que seja, nele tem no seu preço embutido como parte do custo da formação do preço, o tributo”, explica Flávio Bernardes, advogado e especialista em Direito Tributário e professor da PUC-Minas e da UFMG.

Para o especialista, é a tributação sobre o consumo que costuma ser criticada pela população e por autoridades no assunto. “Porque mesmo quem não tem ali uma capacidade econômica adequada para compartilhar do custeio do Estado pagando tributo acaba se submetendo a uma carga tributária que nem sempre é revertida em serviços do governo”, finaliza.

Leia também

Conforme João Eloi Olenike, Presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBTE) o Brasil está entre as 15 maiores cargas tributárias do mundo. “Conforme o Irbes [Índice de Retorno ao Bem-estar da Sociedade], entre os 30 países de maior Carga Tributária no mundo o Brasil é o que proporcionalmente mais arrecada e que menos retorna para melhorar a qualidade de vida da população. Então temos carga alta e um retorno muito baixo para dizer ínfimo, né? Que faz com que o brasileiro tem que ir atrás desse serviço na iniciativa privada para prover aquilo que o governo é ineficiente, né? Ou seja, a segurança, saúde e educação.”

Confira o vídeo


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais