Ouvindo...

Times

Vídeo: Cataratas do Iguaçu registram vazão histórica com 24 milhões de litros de água por segundo

Vazão bate volume registrado no domingo (29) de 18,6 milhões de litros por segundo

Os temporais que atingem o Sul do Brasil fizeram com que as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu no Paraná, quebrassem novo recorde nesta segunda-feira (30) ao registrarem uma vazão de 24,2 milhões de litros d’água por segundo, efeito da chuva extrema que atingiu o Paraná e o Nordeste da Argentina nos últimos dias com acumulados de até 360 mm. A vazão é a maior desde 2014. Veja vídeo abaixo.

De acordo com o parque nacional do Iguaçu, essa é uma das maiores vazões dos últimos anos. A vazão média normal é de 1,5 milhão de litros por segundo. A menor vazão observada aconteceu em 1979, durante a seca em abril, com 100 mil litros por segundo. A maior, de 46,3 milhões de litros por segundo, foi registrada em 2014.

“A vazão está 16x acima da média normal, de 1 milhão e 500 mil litros d'água por segundo”, detalha nota do Parque Nacional do Iguaçu que está aberto para visitação. A famosa Trilha das Cataratas e demais mirantes do percurso estão liberados. Por medida de segurança, apenas a passarela que dá acesso ao mirante da Garganta do Diabo segue interditada.

A equipe técnica da concessionária Urbia Cataratas, que faz a gestão do Parque Nacional do Iguaçu, e o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), órgão que administra a unidade de conservação, seguem monitorando e avaliando em tempo real a situação do Rio Iguaçu, na região das Cataratas do Iguaçu.

No lado argentino, uma passarela foi arrastada pelas águas, mas estava interditada.

Jornalista graduada pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2005. Atua como repórter de cidades na Rádio Itatiaia desde 2022
Leia mais