Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Centro de Referência do Queijo Artesanal recebe delegação da União Europeia

Grupo de diplomatas de 14 países irá degustar queijos artesanais de Minas e provar um almoço com ingredientes tipicamente mineiros como o azeite, o doce de leite e a goiabada

No dia em que se comemora o Dia do Queijo Artesanal de Minas, o Centro de Referência do Queijo Artesanal (CRQA) recebe um grupo de diplomatas da União Europeia e de seus estados membros. A comitiva formada por 16 pessoas, representantes de 14 países, deve chegar ao local por volta das 13h. A visita foi uma sugestão da professora de Estudos Jurídicos da UFMG, Jamile Bergamaschine Mata Diz, que é fã do Centro de Referência.

O local abriga uma Exposição Permanente sobre o Queijo Artesanal, uma loja colaborativa com produtos mineiros, a primeira biblioteca do estado dedicada à gastronomia, anfiteatro, área de convivência e sala de aula completa com cozinha didática para atividades temáticas relacionadas à cultura e gastronomia. O projeto arquitetônico, assinado pelo arquiteto português radicado no Brasil, José Lourenço, foi selecionado entre os 30 melhores projetos dos países de língua portuguesa, na categoria Arquitetura e Cultura, pela Revista Arch Daily.

Assim que chegarem, os ilustres visitantes serão recepcionados pelos alunos do Instituto de Hospitalidade e Artes Culinárias – INHAC, escola social de gastronomia integrada ao CRQA, coordenada pelo renomado chef Léo Paixão.

Na sequência, os diplomatas serão convidados a degustar queijos artesanais de Minas, escolhidos pelo consultor, especialista em QMAs, Elmer de Almeida. “Selecionei os queijos pelo tipo da massa por achar que é uma boa forma de mostrar a diversidade deles. Serão quatro: Massa crua (Canastra Serjão), Massa cozida (Mantiqueira - GOA de Aiuruoca), Massa filada (Cabacinha de Pedra Azul) e Massa Fundida (Requeijão Moreno de Dona Cida, de Porteirinha). O próprio Elmer vai conduzir a degustação, explicando as características de cada queijo e como devem ser apreciados: “deixando a massa se desmanchar na boca para sentirem melhor o sabor”.

Almoço será com ingredientes bem mineiros

A diretora executiva e fundadora do CRQMA, Sarah Rocha, contou que, logo após a degustação, será servido um almoço preparado com ingredientes mineiros com os próprios queijos e ainda azeites, doce de leite e goiabada.

Sara informou que dois dos alunos do Centro foram convidados para participar de um evento em Portugal, no próximo mês, como cozinheiros e, na sequência, farão um estágio num renomado restaurante de Lisboa. Os nomes dos dois estudantes escolhidos serão divulgados em breve.

“Estou feliz e honrada pela possibilidade de divulgar internacionalmente a gastronomia mineira e para que nossos alunos tenham a oportunidade de conhecer outras pessoas e participar de intercâmbios, ampliando seus horizontes e inspirando outros jovens”, disse.

A delegação de diplomatas ficará em Minas durante quatro dias para conhecer as potencialidades e áreas de interesse comercial e estratégico e estreitar relações. Há representantes da Bélgica, Alemanha, Áustria, Croácia, Eslovênia, Espanha, Finlândia, Irlanda, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca e Suécia.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Teresa Leal é jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação pela PUC Minas. Trabalhou nos jornais ‘Hoje em Dia’ e ‘O Tempo’ e foi analista de comunicação na Federação da Agricultura e Pecuária de MG.



Leia mais