Ouvindo...

Times

Safra de grãos 2023: área plantada aumentou, mas colheita deve diminuir; entenda

Em contrapartida, culturas como feijão e café registraram aumento da produtividade por hectare

Apesar do aumento da área cultivada de 2,75%, a safra mineira de grãos para o ciclo 2023/2024 deverá sofrer uma redução de 5,45%, com uma produção estimada em 13,69 milhões de toneladas. A safra anterior - 2022/2023 - rendeu 14,4 milhões de toneladas. Os dados são do 1º Levantamento da Safra de Grãos e Café 2023/2024 feito pela Emater-MG e divulgado, nesta terça-feira (19/12), durante a inauguração da nova sede da Unidade Regional (Uregi) da empresa em Capelinha, no Vale do Jequitinhonha.

O relatório foi elaborado com informações coletadas no período de 16 de novembro a 15 de dezembro. As culturas acompanhadas pela empresa mineira de extensão rural em todas as regiões do estado são: algodão, amendoim, arroz, feijão 1º safra, milho grão 1º safra, milho silagem, soja e café. “Os dados estimados foram coletados pelos extensionistas da Emater-MG em mais de 814 municípios mineiros, sendo consolidados pelo Departamento Técnico da empresa através do sistema de acompanhamento de safras”, explica o gestor de acompanhamento de safras da Emater-MG, Thiago Emmanuel de Almeida.

A primeira safra de milho deve chegar a 5,26 milhões de toneladas em Minas Gerais, segundo os dados até agora. A produtividade média estimada é de 6.718 kg do grão por hectare. A cultura teve uma redução de área plantada de 26%, passando de 826 mil hectares na safra 2022/2023 para 784 mil hectares na safra 2023/2024. No caso da soja, a produtividade média estimada é de 3,496 kg por hectare, com 2,1 milhões de hectares plantados, e uma produção total estimada em 8,07 milhões de toneladas.

Produtividade do feijão aumentou

Já o feijão 1ª safra apresenta uma redução significativa de 25% de área plantada se comparado com o mesmo período da safra passada (outubro, novembro e dezembro) onde no mesmo período já era estimada uma área plantada 107 mil hectares, sendo que até o fechamento deste relatório foi estimado 80 mil hectares semeados. Mas devido a um aumento de produtividade (2,34%), a produção deverá ser de 182,11 mil de toneladas, ou seja, apenas 1,60% inferior ao ano passado.

Café terá incremento de 5,2%

A expectativa de produção de café é da ordem de 30,06 milhões de sacas, o que representa incremento de 5,2% em comparação ao volume colhido na safra 2022/23 (28,49 milhões). A área em produção está estimada em 1.095 milhões de hectares, apresentando um leve crescimento de 1,7% comparativamente à safra 2022/2023 que foi estimado uma área em produção de 1,076 milhões de hectares.

* Com informações da Emater-MG

Maria Teresa Leal é jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação pela PUC Minas. Trabalhou nos jornais ‘Hoje em Dia’ e ‘O Tempo’ e foi analista de comunicação na Federação da Agricultura e Pecuária de MG.



Leia mais