Ouvindo...

Times

O que é o lítio verde produzido pela Sigma Lithium no Vale do Jequitinhonha?

Empresa brasileira produz insumo tecnológico de alta pureza de lítio sem utilizar químicos nocivos ao meio ambiente, sem barragem de rejeitos, com 100% de energia renovável e 100% de recirculação de água

Situada no Vale do Jequitinhonha, entre as cidades mineiras de Araçuaí e Itinga, a Sigma Lithium é uma empresa brasileira dedicada a alimentar a próxima geração de baterias de veículos elétricos com lítio verde. Ambientalmente e socialmente sustentável, o insumo tecnológico de lítio verde é obtido em uma planta greentech de processamento de última geração, que não utiliza reagentes químicos nocivos, não tem barragem de rejeitos e conta com uso de 100% de energia renovável e 100% de recirculação de água.

Para atingir o compromisso de estabelecer um processo produtivo sustentável para o lítio, transformando o minério bruto em um produto com alto grau de pureza, nos últimos cinco anos, a Sigma Lithium investiu de forma ostensiva em tecnologias limpas. “Como produtores de lítio verde, estamos ajudando a elevar o papel do Brasil na transição energética, ao mesmo tempo em que criamos um impacto positivo nas comunidades do Vale do Jequitinhonha”, afirma a CEO da companhia, Ana Cabral.

A origem desse lítio ambientalmente sustentável (ou lítio verde) vem desde a extração do minério, realizada de maneira a preservar o ribeirão Piauí, por exemplo. Afluente do rio Jequitinhonha, ele atravessa algumas comunidades e beneficia cerca de 80 famílias que habitam seu entorno e utilizam a água armazenada no período de chuva.

Mesmo com a possibilidade de explorar o minério em sua totalidade, o que incluiria as reservas debaixo do riacho, a Sigma Lithium decidiu ocupar um território menor para mineração e não interferir em seu curso para não gerar impacto para a população e o meio ambiente, pois a preservação do ribeirão também ajuda na conservação das matas no seu entorno, tornando-se um ganho ambiental e social para as comunidades

Outro ponto importante foi o desenvolvimento de um processo de beneficiamento do minério de lítio que não gera barragem de rejeitos e permite o seu empilhamento a seco para posterior comercialização, gerando mais recursos para os municípios. Além disso, a ausência de uso de produtos químicos no seu processo contribui para preservar os rios e matas da região.

Com um dos mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) de Minas Gerais, o Vale do Jequitinhonha e suas comunidades têm se beneficiado com importantes iniciativas socioambientais da companhia, como a geração de emprego priorizando a mão de obra local com o programa Volta ao Lar, e o apoio às microempreendedoras a partir da oferta de microcrédito, com o Programa Dona de Mim.

Ao permitir que o Brasil assuma a liderança na transição energética como um importante fornecedor de insumo sustentável de lítio, a Sigma Lithium caminha para se tornar a 6ª maior produtora global de lítio e a única no mundo com as maiores notas de sustentabilidade socioambientais no segmento.

Leia mais