Ouvindo...

Times

Vidente faz profecia de que ano de 2025 pode ser o último da humanidade

A vidente búlgara ficou famosa depois de prever o ataque às Torres Gêmeas, a 2ª Guerra e a queda da União Soviética

A vidente búlgara Baba Vanga, que ‘antecipou’ a 2ª Guerra Mundial, a queda da União Soviética e o ataque às Torres Gêmeas, previu que o início do fim da humanidade começaria em 2025. Vangelia Gushterova, a vovó Vanga, deixou uma série de previsões antes do dia da sua morte, há quase 30 anos.

O mundo, de acordo com ela, deve acabar em um evento cósmico de grandes proporções. Porém o início do fim já seria no próximo ano, começando com a extinção da humanidade. Isso seria resultado de um grande conflito na Europa, que causaria uma redução significativa da população do continente.

Leia também

Baba Vanga também previu que em 2028 a humanidade conseguiria chegar em Vênus, para tentar encontrar novas fontes de energia. Cinco anos depois, em 2033, o nível do mar aumentaria de maneira significativa com um grande derretimento de gelo nos pólos.

Leia mais:

Segundo ela, o comunismo regressará a todo o planeta em 2076. Além disso, haverá contato com civilizações extraterrestres em 2130, uma seca global em 2170, uma guerra em Marte em 3005 e, finalmente, a destruição da Terra em 3797.

A vidente, quando era viva, dizia que começou a ter as visões na adolescência. A fama veio quando as previsões começaram a se concretizar, em casos célebres como o do ataque terrorista às Torres Gêmeas, no dia 11 de setembro de 2001.

*Sob supervisão de Felippe Drummond


Participe dos canais da Itatiaia:

Paula Arantes é estudante de jornalismo e estagiária do jornalismo digital da Itatiaia.
Leia mais