Ouvindo...

Times

Alpinista que ficou 10 dias desaparecido em montanha nos EUA bebia água em bota

Lukas McClish, de 34 anos, saiu para caminhar no dia 11 de junho somente com uma calça, sapatos de caminhada e um chapéu

Um alpinista que ficou 10 dias desaparecido em uma montanha na Califórnia bebia água coletada na bota dele para conseguir sobreviver até que fosse encontrado. A informação é do NY Post.

Lukas McClish, de 34 anos, saiu para caminhar no dia 11 de junho somente com uma calça, sapatos de caminhada e um chapéu. Ele levou, ainda, uma lanterna e uma tesoura dobrável, uma vez que ficaria apenas três horas na trilha.

O problema foi que ele se perdeu e foi dado como desaparecido seis dias depois, quando não apareceu para um jantar no Dia dos Pais, comemorado no dia 16 de junho nos Estados Unidos.

A única coisa que Lukas fazia para garantir a sobrevivência era beber um galão de água. Porém, à medida que os dias foram passando, ele foi sentindo que o corpo precisava de comida.

Leia também

“Eu subi e desci vários desfiladeiros até a próxima cachoeira e me sentei perto dela para beber água da minha bota” contou. Ele também teria comido frutas silvestres durante os dias que esteve perdido.

Lukas dormia em folhas molhadas na floresta enquanto gritava por socorro. Ele relatou que teve dificuldade para caminhar porque alguns pontos de referência foram destruídos durante os incêndios florestais recentes na Califórnia.

Várias pessoas ouviram alguém gritando por ajuda, mas não conseguiam localizar a pessoa. McClish não sofreu nenhum ferimento, mas relatou sentir dores e perdeu a voz.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais