Ouvindo...

Times

Guerra Israel X Hamas transformou Gaza em lugar ‘inabitável’, diz ONU

Relatório da ONU dados indica que 50% das estruturas na Faixa de Gaza estão danificadas, ou destruídas

A guerra de Israel contra o grupo terrorista Hamas danificou cerca de metade dos edifícios na Faixa de Gaza e transformou o território palestino em um lugar ‘inabitável’, afirmou a ONU nesta quarta-feira (31).

‘O nível de destruição da operação militar tornou (Gaza) inabitável’, afirmou um relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês).

Desde o início da guerra, houve uma deterioração ‘acentuada’ das condições de vida na Faixa de Gaza, relatou a ONU. A UNCTAD indicou que, em novembro, 37.379 edifícios - o equivalente a 18% do total de estruturas na Faixa de Gaza - haviam sido danificados, ou destruídos, pela operação militar israelense.

Os dados por satélite posteriores indicam mais destruições, de acordo com o economista da UNCTAD Rami Alazzeh, especializado em assistência aos palestinos e coautor do relatório.

‘Os novos dados indicam que 50% das estruturas em Gaza estão danificadas, ou destruídas’, disse à AFP, alertando que ‘quanto mais essas operações durarem em Gaza (...) mais severo será o impacto’.

Leia também

Cessar-fogo

Nesta segunda-feira (29), o Hamas revelou que quer negociar um ‘cessar-fogo completo’ com Israel na Faixa de Gaza. O anúncio foi feito à AFP, por um alto dirigente do grupo terrorista.

‘Falamos antes de tudo de um cessar-fogo completo e total e não de uma trégua temporária’, disse Taher al Nunu. Quando os combates cessarem, será possível ‘falar do restante dos detalhes’, inclusive da libertação dos reféns, acrescentou o representante.

O primeiro-ministro do Catari anunciou, também nesta segunda (29), em Washington, que um marco para pôr fim aos combates em Gaza será transmitido ao Hamas.

Juntamente com Egito e Estados Unidos, o Catar tem liderado os esforços de mediação desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, em 7 de outubro.

O chefe da Inteligência americana, William Burns, se reuniu no domingo (28) com altos funcionários egípcios, israelenses e cataris em Paris para negociar uma trégua no devastado território palestino.

Guerra Israel X Hamas

O conflito em Gaza começou após os ataques mortais do grupo islamista palestino no sul de Israel, que deixaram 1.140 mortos, a maioria civis, segundo um balanço da AFP com base em números israelenses.

Os milicianos islamistas também sequestraram nesse dia cerca de 250 pessoas, das quais 132 seguem retidas em Gaza, incluindo os corpos de 28 que teriam morrido, segundo Israel.

Em retaliação ao ataque, Israel prometeu ‘aniquilar’ o movimento islamista e lançou uma vasta operação em Gaza, que até agora deixou 26.637 mortos, a grande maioria mulheres, crianças e adolescentes, segundo o Hamas.

*Com informações da AFP

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais