Ouvindo...

Times

Caso raro: mulher engravida com um gêmeo em cada útero

Kesley Hatcher nasceu com dois úteros e definiu a gestação como “um grande milagre”

A norte-americana Kelsey Hatcher, do Alabama, tem dois úteros e está grávida de gêmeos, mas cada um esta sendo gestado em um colo diferente. Ou seja, os irmãos podem nascer em dias e horas diferentes, já que não compartilham do mesmo ventre.

A condição rara, conhecida como didelfo uterino, acomete três a cada mil mulheres ao redor do mundo e pode dificultar a gravidez. Mas este não é o caso de Hatcher. Ela descobriu a anomalia aos 17 anos e, desde então, já teve 3 filhos - que têm 2, 4 e 7 anos, respectivamente.

Agora, ela espera mais dois filhos. Exames de ultrassom confirmam que a mãe espera por duas meninas.

A gravidez de gêmeos em úteros separados é um “grande milagre”, definiu Hatcher. “Estatisticamente, isso representa uma probabilidade de 1 em 50 milhões”,escreveu no Instagram.

Apreensão

O caso é visto com preocupação pelos médicos. O parto é considerado de alto risco, pois quando a primeira bolsa romper e se iniciar as contrações, o bebê pode afetar ou até interromper a gestação da irmã.

Nas redes sociais, a mãe confessou o temor com o risco de perder um dos bebês. “Meus médicos me disseram que esse é um território desconhecido para todos eles. Isto é, nenhum médico na equipe já realizou um parto de gêmeos de uma mãe com um bebê em cada útero”, disse em outro post.

Segundo o médico Richard Davis, as meninas estão crescendo de forma saudável e, como provêm de óvulos separados, não são idênticas. Para ele, o termo “gêmeos fraternos” é o mais correto para definir a relação.

Formado em Jornalismo pela UFMG, com passagens pelo jornal Estado de Minas/Portal Uai. Hoje, é repórter multimídia da Itatiaia.
Leia mais