Ouvindo...

Times

Veja o caminho das seleções de vôlei para garantir a classificação em Paris 2024

Busca pela classificação terá início nos meses de setembro e outubro, a partir do Pré-Olímpico

As Seleções Brasileiras de Vôlei ainda não garantiram vaga para os Jogos Olímpicos de Paris em 2024. Tanto a equipe feminina quanto a masculina pretendem seguir a tradição e participar de mais uma edição da Olimpíada, mas para isso, as seleções precisam garantir bons resultados no Pré-Olímpico que terá início no próximo mês.

Para as mulheres, o campeonato será disputado no Japão, na China e na Polônia, entre os dias 16 e 24 de setembro. No naipe masculino, Brasil, Japão e China receberão as partidas do dia 30 de setembro a 8 de outubro.

Por ser o país-sede, a França é o único país que tem vaga garantida, no feminino e masculino, para a Olimpíada de 2024. Além dos franceses, a competição contará com mais 11 times em cada naipe.

Pelo pré-olímpico, seis equipes garantem a vaga. As outras cinco serão definidas pela ordem do ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Para isso, serão usados dois critérios:

  • Seleções de continentes ainda não classificados para os jogos que estejam melhores classificadas no ranking;

  • Seleções melhores classificadas no ranking que ainda não conseguiram vaga pelos torneios pré-olímpicos.

A posição será avaliada no dia 17 de junho de 2024 para o feminino, e 24 de junho de 2024 para o masculino.

Forma de disputa do Pré-Olímpico

24 seleções são divididas em três grupos de oito times. Dentro do grupo, as seleções jogam entre si apenas em turno. As duas melhores colocadas de cada grupo garantem vaga na Olímpiada de 2024.

Divisão de grupos

Feminino

  • Grupo A: China (anfitriã), Sérvia, República Dominicana, Países Baixos, Canadá, República Tcheca, México e Ucrânia

  • Grupo B: Japão (anfitrião), Brasil, Turquia, Bélgica, Bulgária, Porto Rico, Argentina e Peru

  • Grupo C: Polônia (anfitriã), Itália, Estados Unidos, Alemanha, Tailândia, Colômbia, Coreia do Sul e Eslovênia

Masculino

  • Grupo A: Brasil (anfitrião), Itália, Irã, Cuba, Ucrânia, Alemanha, República Tcheca e Catar

  • Grupo B: Japão (anfitrião), Estados Unidos, Eslovênia, Sérvia, Turquia, Tunísia, Egito e Finlândia

  • Grupo C: China (anfitriã), Polônia, Argentina, Países Baixos, Canadá, México, Bélgica e Bulgária

Histórico de medalhas

No Masculino, o Brasil possui três medalhas de ouro e três de prata, enquanto no feminino são duas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Graduada em Jornalismo pela PUC Minas e repórter do portal Itatiaia Esporte. Cobre outras modalidades, especialmente vôlei.
Leia mais