Ouvindo...

Times

Campeão olímpico, Thiago Braz é suspenso provisoriamente por doping

Ostarina foi a substância proibida flagrada nos exames feitos no atleta brasileiro de salto com vara

Dono de duas medalhas olímpicas, Thiago Braz está suspenso provisoriamente após ter testado positivo para ostarina em um exame antidoping. A sanção foi anunciada pela Unidade de Integridade do Atletismo nesta sexta-feira (28). A suspensão pela droga utilizada para aumento de massa muscular pode ser de até quatro anos.

Campeão nos Jogos do Rio 2016 e terceiro colocado em Tóquio, o brasileiro ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso. Ainda não há informações sobre quando a coleta do material foi realizada pelos órgãos controladores.

Após a suspensão provisória, ainda há a possibilidade de apelação e julgamento em primeira instância. Depois, ainda é possível novo recurso por parte do atleta.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a oposta Tandara também testou positivo para o uso de ostarina e segue suspensa. A droga é utilizada para o ganho de massa muscular.

Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Leia mais