Ouvindo...

Times

Apesar da vitória do Vasco, Díaz reprova atuação diante do América, no Brasileiro

Argentino afirmou que Coelho foi melhor durante toda a partida e se diz decepcionado com a forma como equipe se comportou

Mesmo com os três pontos conquistados e o respiro na luta contra o rebaixamento, o técnico Ramón Díaz reprovou a atuação do Vasco na vitória sobre o América, por 2 a 1, em São Januário, pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Segundo o argentino, a equipe foi muito abaixo do rival.

E Ramón Díaz foi além na declaração. O treinador pesou nas palavras ao analisar a atuação do Vasco e se mostrou ‘decepcionado’ com a forma que o Cruz-Maltino se portou. A vitória veio com um gol no último minuto de Payet, cobrando falta.

“Estou muito decepcionado com a equipe, pois não é a forma que trabalhamos. Com certeza, todos estão contentes com o resultado, mas no futebol, para salvar um time, é preciso jogar bem, é preciso interpretar de outra maneira, é preciso ter outro ritmo, outra dinâmica e outra pressão. Estamos trabalhando há muito tempo e a equipe falhou, por isso estou bastante preocupado porque, mesmo com a vitória, a luta ainda não terminou. Faltam muitas partidas e certamente vamos corrigir tudo isso”, disse após a partida.

Ramón ainda garantiu que a equipe se preparou muito para este confronto, mesmo sabendo que o América já estava rebaixado. Com esses fatores, ele viu sua equipe foi totalmente dominada.

“Foi um dia muito especial, conversamos a semana toda que seria a partida mais difícil, porque quando se enfrenta um time que não tem compromisso nem responsabilidade de jogar por pontos verdadeiramente é muito difícil. Eles foram superiores em todos os sentidos: tático, de jogo, em dinâmica, em pressão e nos duelos individuais. Foram muito superiores em todos os setores”, lamentou.

Elogios para Payet

Ramón destacou mais um gol decisivo marcado pelo francês Payet. Principal contratação do Vasco na temporada, o craque foi opção no banco de reservas e com uma falta perfeita garantiu os três pontos, com o Vasco em uma partida ruim.

“Estou contente por ele, porque está sendo um reforço enorme, não pensei em colocá-lo antes e na hora que precisamos o coloquei em campo e ele deve estar contente”, celebrou.

Torcida faz a festa

Díaz, como é de praxe, mais uma vez destacou a torcida do Vasco, que esgotou todos os ingressos para o confronto e apoiou na maior parte do tempo. No intervalo, alguns torcedores esboçaram umas vaias, mas logo foram interrompidos por aplausos ao time.

“A torcida é maravilhosa, como acompanhar, como está presente, como apoia, a paciência que tem porque a equipe não jogou bem e eles apoiaram até o último minuto. Temos que melhorar muito, porque teremos partidas difíceis e complicadas. Sim, são três pontos importantes para subir um pouco mais na tabela, mas, jogando dessa forma, será muito difícil. Temos que nos unir, trabalhar muito”, comentou.

O Vasco volta a campo no dia 22, às 19h (de Brasília), diante do Cruzeiro, no Mineirão, em jogo atrasado da 33ª rodada do Brasileiro. A diferença entre as equipes são três pontos.

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais