Ouvindo...

Times

Saiba quando Sport voltará a jogar com torcida após nova decisão do STJD

STJD suspendeu, nesta quarta-feira (20), a pena imposta ao clube pernambucano de oito jogos de portões fechados após o atentado contra o Fortaleza

Ver resumo
  • O Sport voltará a ter torcida em competições da CBF após efeito suspensivo do STJD
  • O clube havia sido condenado pelo órgão a oito jogos de portões fechados após o atentado contra o Fortaleza
  • Agora, o Pleno do STJD deve marcar uma data para julgar o recurso interposto pelo Rubro-Negro

O Sport conseguiu, nesta quarta-feira (20), um efeito suspensivo da punição que havia recebido do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo atentado contra o Fortaleza. O clube havia sido condenado a atuar sem torcida por oito jogos como mandante em competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Além disso, foi obrigado a pagar uma multa de R$ 80 mil.

No entanto, o relator sorteado para acompanhar o processo, Felipe Bevilacqua, deferiu o pedido de efeito suspensivo até que o recurso apresentado pelo departamento jurídico do Leão da Ilha seja julgado. Ainda não há data para julgamento no Pleno.

Dessa forma, a torcida rubro-negra poderá comparecer ao jogo contra a Juazeirense, na próxima quarta-feira (27), pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. As equipes se enfrentarão às 21h30 (de Brasília), na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Antes disso, no sábado (23), às 20h30, o Sport tem uma partida contra o ABC, no estádio Frasqueirão, em Natal (RN), pela 7ª rodada da competição regional.

Vale lembrar que, como o Campeonato Pernambucano é organizado pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o Rubro-Negro pôde lotar a Arena no clássico contra o Santa Cruz, pela semifinal do certame.

Entenda o caso

No dia 21 de fevereiro, após o empate entre Sport e Fortaleza na Arena de Pernambuco, pela Copa do Nordeste, o veículo com a delegação tricolor foi atingido por pedras e uma bomba caseira.

Seis jogadores ficaram feridos: o goleiro João Ricardo, os laterais Gonzalo Escobar e Dudu, os zagueiros Titi e Brítez e o volante Lucas Sasha. Escobar apresentou o caso mais grave, ao levar uma pancada na cabeça de um estilhaço maior.

No dia 12 de março, o STJD condenou o Sport a atuar sem torcida por oito jogos como mandante em competições da CBF. A decisão foi classificada pelo departamento jurídico rubro-negro como “descabida e injusta”.

A situação começou a mudar de figura no dia 15 deste mês, quando, por meio da “Operação Hooligans”, a Polícia Civil de Pernambuco prendeu três suspeitos, ligados à pelo ataque. A corporação entendeu, após investigações, que o ato foi premeditado.

Otimista após o desfecho, o Sport marcou a data para apresentar o recurso ao STJD e fez o pedido de efeito suspensivo. Até então, o Leão da Ilha atuou sem torcida em dois jogos como mandante, contra Murici-AL, pela Copa do Brasil, e Náutico, pela Copa do Nordeste.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais